O que fazer enquanto você espera?
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O que fazer enquanto você espera?

Claudia Gonçalves

24 Fevereiro 2015 | 10h34

ampulheta

Um dia parece uma semana, um mês parece um ano…esperar parece fazer o tempo passar em câmera lenta. Enquanto isso, os filmes e diálogos internos transformam a meta desejada ou evento esperado no foco absoluto da sua atenção. Parece que tudo que você lê, vê ou conversa sobre acaba levando àquele assunto…

É assim com promoção no trabalho, a resposta do MBA, as tão sonhadas férias. Mesmo que a espera seja por uma coisa boa, nem sempre ela em si é positiva.  Se você está esperando uma boa notícia, pode deixar passar oportunidades agora por que está esperando um evento mais para frente. Se está esperando uma notícia ruim, fica imaginando desfechos negativos e também acaba perdendo oportunidades agora pois está muito focado em gerenciar o que vem pela frente.  Não importa se o motivo é bom ou ruim, mas tratar o presente, o aqui e agora como um limbo é perder muitas oportunidades.

Se você está esperando, faça um exercício de se reconectar com seu momento presente. O que está fazendo com seu tempo? Está usando bem? Está satisfeito? Há algo que possa fazer imediatamente para aproveitar o agora?

Se você, por exemplo, encara o período de agora até ir para o MBA como um período em que não vai acontecer nada, pois tudo o que tem a fazer é esperar, os meses até julho/agosto vão se arrastar, seu trabalho será insuportável e sempre que possível sua mente vai divagar para o futuro, imaginando como será seu MBA.

Mas são muitos meses pra se perder assim. Então, aproveitando um pouco do post anterior da Paula Braga ( P- Provocação), faça um exercício de como aproveitar o aqui e agora. Pegue um pouco da energia que está colocando no futuro e use-a agora. Agora seu custo de oportunidade pode ser bem baixo. Faça loucuras, aventuras, arrisque e teste novas coisas. Procure resgatar desejos e curiosidades antigas e aproveite o momento pra tentar realizar.

A espera pode gerar angústia quando ainda não temos uma resposta sobre um evento futuro. E também paralisa. Enquanto não sabemos o que vai acontecer, temos dificuldade em tomar decisões e nos tornamos dependentes de um evento. Por exemplo, você pode imaginar que é muito lógico não trocar de emprego, não ir atrás de uma promoção ou não se envolver muito em um novo relacionamento por que está esperando a resposta do MBA. E daí o MBA começa a carregar um peso muito grande. E se não passar? como fica? e se passar? como fica?  E nessa armadilha mental você se paralisa e não encontra saídas. Comece agora!

Comece agora a fazer o seu futuro. Use bem o seu tempo e busque aquilo que lhe traz sentido.