As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

N – Novo GMAT

Claudia Gonçalves

31 Maio 2012 | 19h08

MBA de A-Z

 

N – de novo GMAT.  A partir de 5 de junho de 2012 o GMAT (prova de matemática, inglês e raciocínio lógico), exigido pela esmagadora maioria das escolas de negócios, irá mudar. Essa mudança vem deixando candidatos sem sono, buscando fazer o exame antes dessa data fatídica. A nova seção do GMAT chama-se Integrated Reasoning e substituirá uma das duas redações hoje presentes na prova.

Alguns fatos sobre esta nova seção:  ela tem duração de 30 minutos – assim como era o tempo para cada redação – e será composta de 12 questoes e as notas para esta seção vão de 1 a 8. Este score será computado separadamente, assim como hoje ocorre com as redações, e não terá impacto no score geral[1]. Portanto, por enquanto candidatos podem respirar aliviados….a duração total da prova continua sendo de 3,5 horas.

Segundo Ashok Sarathy, vice presidente do GMAT Program, o GMAT é mais do que uma prova padronizada que permite que cada candidato seja comparado com todos seus pares – ou concorrentes – diante dos comitês de admissão das escolas de MBA.  Essa prova de mais de 60 anos foi construída para mensurar as habilidades necessárias para ser bem sucedido no MBA.  Segundo Sarathy, a mudança vem alinhar a prova a nossa realidade mais recente. O GMAC, organizador do GMAT, recebeu um feedback das escolas de MBA de que um numero de novas habilidades emergiram nos negócios nos últimos anos para as quais as escolas precisam preparar seus alunos: lapidar  informação e análise são pontos críticos na hora de identificar comportamento de compras, fatores de custo, e oportunidades de ganhar eficiência. Nos MBAs, os estudos de casos também exigem que os alunos integrem diversas fontes de informação – gráficos, tabelas, textos – para responder questoes ou resolver problemas de negócios.  É isso que a nova seção busca testar.

Há quatro tipos de questoes:

1 – Interpretação de gráficos; 2- Analise de duas partes – solução de duas partes; 3- Analise de tabelas; 4 -Raciocínio com múltiplas fontes.

Esse novo desenho visa medir a capacidade do candidato a integrar informações.

Essa novidade, porém, não afeta o score geral que as escolas utilizam para comparar candidatos e provavelmente ainda levará algum tempo para que esta seção cresça em importância competitiva por ser muito nova e não ter ainda um comportamento conhecido.


[1] O GMAT tem 4 scores: O score geral – de 0 a 800; o scaled score da seção quantitativa; o scaled score da seção verbal; o score da seção de writing (hoje duas redações – analysis of an issue e analysis of an argument, sendo que a primeira será substituída pela nova seção de Integrated Reasoning)