As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dia 0 – Projeto MBA 2014

Claudia Gonçalves

05 Fevereiro 2013 | 16h42

 

Com o início do ano, muitos começam a considerar a preparação para ingressar em um MBA nos Estados Unidos ou Europa em 2014. Embora o curso pareça ainda uma realidade distante, é um bom momento para começar a se preparar para uma mudança dramática em sua vida.

O primeiro passo depois de decidir se o MBA é realmente o curso ideal será de determinar se está apto e tem as credenciais necessárias. Enquanto histórico profissional e acadêmico são importantes, há aspectos básicos que precisam ser checados o quanto antes. O primeiro deles é seu nível de proficiência em inglês, língua em que a maioria dos MBAs internacionais é ministrada. Para ter boas pontuações nas provas – TOEFL e GMAT – é necessário ter um nível de inglês avançado (score de pelo menos 105 no TOEFL, cujo score máximo é 120).  Algumas pessoas pensam na estratégia de parar de trabalhar durante este ano de preparação para focar em estudar para as provas e melhorar o nível de inglês.

Essa estratégia de estudar exclusivamente para as provas e fazer as aplicações tem seus riscos. Ao longo dos anos em que tenho acompanhado candidatos, vi que aqueles que tiraram uma licença curta de 2 a 3 meses para focar esforços no projeto MBA normalmente tiveram sucesso.  Mas isto funciona para aqueles com um bom nível de proficiência em inglês e uma base firme em matemática.


Aqueles que precisam efetivamente mudar de patamar de fluência ou consolidar/ aprender conceitos de matemática este tempo normalmente não é suficiente e parar por mais de 3 meses começa a torna-lo menos competitivo, já que a maioria de seus concorrentes trabalham longas horas, estudam para GMAT  e TOEFL e escrevem seus essays…Se precisar d um período mais longo para se preparar para as provas, tenha em paralelo alguma atividade em que desenvolva liderança, trabalho em equipe, crie ou faça algo de impacto para a sociedade…

Outro risco dessa estratégia de ficar mais muitos meses focado em estudar para as provas de admissão é não ter estórias recentes para contar em essays ou entrevistas. Caso não consiga uma pontuação boa suficiente para aplicar, fica complicado voltar para o mercado de trabalho depois de muitos meses parado e explicar que ficou este tempo todo estudando para provas e não teve êxito!

A melhor estratégia é ter uma boa avaliação de suas habilidades para realizar e ter uma boa pontuação nas provas e ver de quanto tempo precisará para se preparar. Uma vez que tenha uma visão mais clara desse tempo, desenhe uma estratégia que não o retire do mercado de trabalho por muito tempo.