Projeto de monitoria estimula autonomia para estudos colaborativos

Projeto de monitoria estimula autonomia para estudos colaborativos

Colégio Marista Glória

27 Maio 2016 | 15h05

Língua Portuguesa, Matemática, Física, Química, História e Geografia são as disciplinas mais procuradas

Desde o ano passado, no Colégio Marista Nossa Senhora da Glória, um projeto vem estimulando os alunos que têm excelente desempenho em determinadas disciplinas a ajudar os colegas que apresentam alguma dificuldade. É o projeto de monitoria, desenvolvido de forma autônoma pelos estudantes do 9º ano. A ajuda, que já era possível ver em encontros extra-oficiais, agora é formalizada e conta com o apoio da professora titular da turma, LucianaCannizza Santos Carrieri. “Os estudantes gostam muito da ideia de usar o conhecimento para uma função social. Além disso, a prática da monitoria agrega conhecimento para todos os envolvidos“, diz a professora.

Monitoria (2)
Na prática, o projeto funciona da seguinte forma: alguns estudantes que reconheçam facilidades em disciplinas ou conteúdos acadêmicos se oferecem para ser monitores voluntários, ajudando, assim, os colegas que têm alguma dificuldade. A partir do momento em que os monitores se apresentam, a turma organiza o cronograma semanal dos encontros.

Nos encontros, os monitores repassam com os colegas os conteúdos que foram trabalhados em sala de aula. Em muitos momentos, consultam os professores para pedir exercícios complementares ou até mesmo sanar alguma nova dúvida que surge na troca com os “monitorados”. Os professores também podem usar a plataforma digital de aprendizagem Blackboard para oferecer atividades ou propor situações de pesquisa para os grupos. Os encontros são realizados nas salas de estudo da biblioteca do Colégio, no contraturno.

“Esse é um meio de fazer com que os estudantes percebam-se no centro do processo de aprendizagem, não sendo apenas espectadores. Nessa situação, os alunos são protagonistas e os maiores interessados ou beneficiados pelo projeto”, reforça a professora. Segundo ela, as disciplinas mais solicitadas são Língua Portuguesa, Matemática, Física, Química, História e Geografia.