Laboratório de Criação

Laboratório de Criação

Escola Lourenço Castanho

04 Maio 2016 | 10h30

O Laboratório de Criação é um espaço onde os alunos são estimulados a criar projetos autorais a partir do conjunto de conhecimentos que adquirem durante as aulas dos diversos componentes curriculares. Ao longo deste ano, vários projetos serão desenvolvidos, de acordo com o planejamento de cada trimestre.

O desenvolvimento ocorre sob a orientação dos professores de tecnologia, Rodrigo Lemonica e Luiza Regina Fernandes. Primeiramente, eles lançam uma pergunta-problema, e o aluno tem a missão de pesquisar sobre o assunto para respondê-la; depois, entra a metodologia STEM, sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática, que faz uso da bagagem teórica adquirida durante as aulas para construção de novos produtos. “O conceito abstrato que é aprendido dentro da sala de aula, quando o aluno aplica na construção, faz muito mais sentido, porque ele vê na prática onde pode usar aquilo”, informa Rodrigo. “Se os alunos saem das carteiras e colocam a mão na massa, podem descobrir que têm afinidades com coisas que nem imaginavam”, afirma Luiza Regina, professora.

Os 8os anos aprendem a trabalhar com materiais à mão. Durante o primeiro trimestre, os alunos devem criar pequenas jangadas, carrinhos de Fórmula 1, usando, como matéria-prima, garrafas Pet e um Pêndulo de Newton. Segundo o professor Rodrigo, “cada uma das construções possui um conceito-base aplicado. Na jangada, por exemplo, o conceito-base é a densidade. Por que a jangada flutua?”. No segundo trimestre, os projetos serão relacionados à geometria espacial: os alunos aprenderão a modelar em um programa de computador para imprimir na impressora 3D. Já no terceiro trimestre, o objetivo é realizar uma possível intervenção na Escola, com um projeto que reúna as informações obtidas durante o desenvolvimento das atividades dos dois primeiros trimestres.

Os 9os anos ficarão responsáveis por desenvolver um miniparque de diversão a partir do segundo semestre, cujos brinquedos possuem movimentos baseados em princípios da física. Ao longo do primeiro trimestre, os alunos irão construir outros cujas bases os preparem para construção do futuro parque.


“Acho que o Laboratório de Criação é um local muito bom para desenvolvermos nossas ideias, fazermos as coisas juntos. É um espaço onde a gente consegue usar bastante a nossa imaginação”, afirma Francisco Lengey, aluno do 8º ano B.