Escola integral, necessidade dos dias de hoje

Escola integral, necessidade dos dias de hoje

Do Colégio

20 Janeiro 2016 | 16h35

A sociedade vive hoje um contexto em que as mudanças no mundo do trabalho, a globalização e os problemas sociais propõem novos desafios para a escola. Um deles, a escola em tempo integral. Ela representa uma opção de educação integrada em sintonia com a vida, as necessidades, possibilidades e interesses dos estudantes, sejam crianças, adolescentes ou jovens.

É importante para o aluno de tempo integral ter, além do currículo básico, atividades multidisciplinares no período oposto. Balé, judô, futsal, natação, artes, culinária, horta e outros tipos de oficinas compõem a base das atividades extra. Outro aspecto importante da rotina desse estudante é que ele tenha o seu momento de estudo para a realização da lição de casa, num ambiente em que um aluno possa ajudar o outro, sempre tendo o professor como mediador. Nessa situação, que os deveres são realizados no próprio estabelecimento de ensino, o professor tem condições de ouvir mais o aluno, considerando o seu conhecimento prévio em várias questões.

Alunos do Concórdia durante atividade de futsal. Foto: Daniel Guimarães

Alunos do Concórdia durante atividade de futsal. Foto: Daniel Guimarães

Do ponto de vista do colégio Concórdia, o estudo em tempo integral se constitui em uma formação mais completa para o aluno, contribuindo para seu desenvolvimento intelectual e físico, uma vez que oferece mais oportunidades para a descoberta dos talentos de cada um.


Para as famílias que trabalham e não têm onde deixar seus filhos, a escola em tempo integral vem como uma solução, e nesse contexto o Concórdia a vê como uma vantagem para seus alunos e famílias.

A ideia é enriquecer mais o aprendizado do aluno, uma aprendizagem que traga significado para a vida.