Estruturas de Poder – Projeto

Estruturas de Poder – Projeto

Cesar Pazinatto

15 Agosto 2017 | 14h03

Neste semestre os alunos do ensino médio finalizam o Projeto Estruturas de Poder e pelos textos do grupo que representou a imprensa é possível ter uma ideia de como o projeto vem sendo desenvolvido.

Jornalista

Na quinta-feira, 29 de junho, a See-Saw Panamby recebeu a visita da jornalista Phydia de Athayde, formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela ECA-USP (Escola de Comunicações e Artes). Inicialmente, como de praxe durante toda a semana, Phydia conversou com todo o grupo do Ensino Médio sobre a carreira de jornalista. Ela começou a conversa falando sobre a escolha do curso, sua trajetória de entrada na universidade, os primeiros anos ECA, estágios etc. Em seguida, discorreu sobre a mudança de rumos no jornalismo por conta das novas tecnologias digitais de informação e comunicação e as consequências para o jornalista. Ela finalizou a fala com o Ensino Médio fazendo uma reflexão sobre mercado de trabalho, empreendedorismo e novas profissões.

No segundo momento, Phydia conversou exclusivamente com o grupo de imprensa. A ideia desse encontro era planejar como serão feitas as coberturas do Estudo do Meio para Brasília, além da própria cobertura do fórum See-Saw Panamby, que será realizado em outubro.

Psicóloga

Na terça-feira, 27 de junho, a See-Saw Panamby recebeu a visita da psicóloga esportiva Carla Di Pierro, formada na PUC-SP e com especialização em psicologia esportiva, feita por dois anos fora do Brasil. Carla escolheu essa área pelo fato de sempre praticar esportes, porém, ela conta que não tinha perfil para ser atleta. Logo, por amar o esporte e ter um grande interesse em relações pessoais, escolheu a psicologia e o público esportista.

Ela diz que ser psicóloga é uma profissão difícil, mas, ao mesmo tempo, muito gratificante, pois é necessário analisar a vida do paciente, ajudá-lo a enxergar a vida por outros ângulos e dar-lhe recursos para superar os desafios. Ao ver um atleta evoluir, ganhar autonomia e desempenho no esporte, vem a satisfação: “você vive junto com o atleta, vai nas competições com ele, é um trabalho em conjunto e de confiança”.

A psicóloga Carla Di Pierro acompanhou os atletas nas Olimpíadas do Rio 2016 e diz que a sensação ao entrar na Vila Olímpica é inexplicável.  Há grandes atletas por todo o lugar, um espaço muito bem organizado e bonito. “É uma selva de pessoas jovens, interessantes, esforçadas”, diz Carla.

Advogado e Engenheiro Florestal

Na quarta-feira, 28 de junho, os alunos do Ensino Médio receberam o advogado João Paulo Hecker e o engenheiro florestal Mauro Armelin. Ambos vieram com o intuito de assistir os estudantes com o projeto “Estruturas de Poder”.  Depois das falas sobre carreiras com todo o Ensino Médio, João Paulo Hecker conversou exclusivamente com o grupo de Legalização do Aborto e Mauro Armelin, com o grupo de Matrizes Energéticas.

João Paulo Hecker, inicialmente, falou sobre a carreira no Direito e sobre sua trajetória pessoal. Na sequência, debateu com o grupo de Legalização de Aborto sobre a concepção de aborto, sobre o ponto de vista legal do ato e, ainda, sobre suas exceções e consequências penais.

Mauro Armelin faz parte da ONG Amigos da Terra – Amazônia Brasileira. Isso influenciou positivamente a discussão com o grupo de Matrizes Energéticas. Eles conversaram sobre energia em geral, incluindo tópicos como o PDE (Plano Decenal de Energia), além de acessibilidade, uso, produção, transmissão e conflitos sociais envolvidos na geração de energia. O bate papo encerrou-se com um gancho sobre ONGs como a Greenpeace e sua influência mundial, e sobre questões sociais ocorrendo no Brasil atualmente que envolvem a geração de energia.

Essas visitas ampliaram o repertório de nossos estudantes, e terão grande papel no nosso projeto ‘Estruturas de Poder’.

Para saber mais, acesse nosso blog