Cinco razões para apostar na educação bilíngue

Cinco razões para apostar na educação bilíngue

Equipe See-Saw Panamby

27 Agosto 2015 | 15h30

See Saw Panamby Escola Bilíngue (6)
A ordem aqui é falar sobre educação. Como uma instituição de ensino presente no mercado há mais de 20 anos, não há nada que nos encante mais. E o que mais nos fascina dentro deste universo é a educação bilíngue e seus benefícios.  Preparar os estudantes para um mundo competitivo, integrado e globalizado é a proposta do ensino bilíngue, voltado ao aprendizado por meio do segundo idioma. Especialistas defendem que aprender uma segunda língua nos primeiros anos de vida pode ser uma alternativa muito benéfica e acima de tudo, saudável. Mas, você sabe exatamente o porquê de apostar em uma escola bilíngue?

A principal tarefa da escola bilíngue é ensinar a criança a aprender e a pensar em dois idiomas. É uma ginástica muito grande para o cérebro, que ganha força e ativa diversas conexões. Os benefícios são inúmeros e vão desde estímulo à criatividade até o retardo do envelhecimento.

Confira aqui cinco razões para optar pelo ensino bilíngue:

– Fortalece o sistema de controle executivo do cérebro
Habilidades sociais, flexibilidade mental, criatividade, tudo é aprimorado em um cérebro bilíngue. A criança adquire capacidade de ser multitarefa e, com maior facilidade, pode mudar padrões de pensamento, alterar a forma de compreensão, além de iniciar uma atividade rapidamente ao finalizar a anterior.

 – Desenvolve a consciência metalinguística
Com o aprimoramento dessa consciência, as crianças percebem que o objeto tem palavras diferentes para representá-lo e reconhecem qual idioma precisa aplicar com cada pessoa que participa da conversa. Isso acontece porque o cérebro é constantemente desafiado a reconhecer significados e a se comunicar em diferentes sistemas de linguagem.

– Reflete na vida profissional e pessoal
Segundo pesquisas, aprender por meio do segundo idioma influencia diretamente na tomada de decisões. Com um perfil mais analítico (desenvolvimento da metacognição) essas pessoas costumam ser mais flexíveis no seu modo de pensar e julgar situações, ou seja, adaptam-se com maior facilidade a mudanças. Tudo isso favorece os negócios, a carreira e as finanças pessoais.

– Aumenta a resistência
As capacidades cognitivas dos bilíngues tendem a permanecer mais conservadas com o passar dos anos. Idosos bilíngues apresentam melhores resultados em testes de atenção, foco e fluência. As inúmeras conexões e esforços exigidos elevam o tempo para a manifestação de doenças degenerativas como o Alzheimer, por exemplo, justamente porque o cérebro é mais estruturado, tem mais conectividade.

– Reúne diversas possibilidades de estímulo
No método bilíngue a criança é moldada pela língua. Na See-Saw Panamby adotamos o modelo de imersão e nele, até os cinco anos, o aluno faz atividades e se comunica apenas no segundo idioma. São aplicadas ferramentas diferenciadas que incluem projetos pedagógicos, matérias acadêmicas, música, teatro, fábulas e histórias associadas à cultura. Não existe uma regra sobre a idade para ingressar no ensino bilíngue. Quanto mais cedo o estudante for inserido nesse contexto, melhor. Mas a proposta beneficia todas as idades.

Equipe See-Saw Panamby