Amigos de 1 a 100 anos

Amigos de 1 a 100 anos

Colégio Peretz

07 Dezembro 2015 | 07h52

Por Linda D. Blaj e Silvia V. Kocinas*

Colégio I.L. Peretz une crianças e idosos em projeto pioneiro

Com o objetivo de proporcionar um diferente e inovador tipo de relação, a Educação Infantil do Colégio I.L. Peretz  desenvolveu ao longo deste semestre, o ‘Projeto Amigos: De 1 a 100 anos’.

As educadoras Linda D. Blaj e Silvia Kocinas, que desenharam o projeto, até então pioneiro, acreditam que seus alunos, desse modo, aprenderam a se relacionar com diferentes gerações. Acreditam que, por meio do projeto, os pequenos desenvolveram atitudes de solidariedade e respeito pelas pessoas de 1 a 100 anos. “Percebemos que nas atividades, houve uma interação entre crianças e idosos de troca de aprendizados sensível e respeitosa”, afirmam.

Foi firmada uma parceria com moradores do Residencial Albert Einstein, um lar para a 3ª idade próximo ao Colégio. A equipe pedagógica entrou em contato com a de cuidadores e assim se começou a escrever uma história dos Amigos de 1 a 100 anos.

 O início do ‘Amigos: De 1 a 100 Anos’ para a Educação Infantil  foi no Ano Novo judaico, uma ocasião cheia de simbolismo e muito propícia para refletir sobre valores como solidariedade, união e vínculos familiares.

Cada faixa etária trabalhou um viés desse projeto, a saber:

Grupo 2 (crianças de 1 a 2 anos) – Brincadeiras da Vovó Lady e Grupo 3 (crianças de 2 a 3 anos) -Brincadeiras da Infância e dos idosos

A personagem Vovó Lady foi criada para fazer parte das atividades diárias do G2. O nome e as brincadeiras da Vovó Lady foram construídas ao longo do Projeto.  A participação da profissional mais antiga da Escola, a Profª. Fany Barocas, de 84 anos, nas atividades das crianças de 1 a 2 anos concretizou a experiência com uma idosa.

No Grupo 3, além do encontro com idosos para entrevista e atividades lúdicas, os alunos tiveram contato com histórias e dramatizações.

Afinal, qual são as brincadeiras da infância e da velhice?

A profª Fany (84), profissional com mais anos de casa, conta aos alunos histórias da Escola.

A profª Fany, 84, profissional com mais anos de casa, conta aos alunos histórias da Escola.

Grupo 4 (crianças de 3 a 4 anos) –  Sabores da Infância e da velhice

Inicialmente, pesquisaram com suas famílias alimentos à base de mel, símbolo da Festa do Ano Novo Judaico (Rosh HaShaná). O que promoveu o interesse pela culinária e confecção de um livro de receitas. Na sequência, convidaram idosos do Residencial Albert Einstein, um Lar para 3ª idade próximo à escola para preparem uma das receitas juntos. Em outra etapa do projeto, as idosas receberam as crianças no Residencial para prepararem mais um prato. Essa oportunidade especial de receber e ser recebido promove valores com gentileza e respeito.

Alunos preparam receitas à base de mel.

Alunos preparam receitas à base de mel.

Grupo 5 – (crianças de 4 a 5 anos) – Sons e tons – uma integração entre crianças e idosos

O Grupo 5 foi sensibilizado com rodas de música no Residencial. Previamente, no Colégio, nas aulas de música trabalharam canções antigas do repertório de Lupicínio Rodrigues, Noel Rosa, Dorival Caymmi, Luiz Gonzaga e Braguinha, além de uma canção em Ídiche (dialeto que mescla elementos do hebraico e alemão).

Com o Prof. Luis Fernando Scutari, juntos, relembram canções de outrora.

Com o Prof. Luis Fernando Scutari, juntos, relembram canções de outrora.

Grupo 6 – (crianças de 5 a 6 anos) – Era uma vez um velho amigo: histórias para serem lembradas.

As crianças conheceram no Residencial, histórias de vida contadas pelos idosos.   Na Escola, fizeram o reconto e ilustração das mesmas, tendo a professora como escriba. Ao término do Projeto, os idosos e os alunos receberam o livro de histórias de seus novos amigos.

Essa foi uma possibilidade única para a equipe de profissionais das áreas de Educação e Saúde que, ao participarem das atividades com as crianças e idosos, são sensibilizados pela delicadeza dos gestos, olhares e sorrisos.

Idosos são entrevistados

Idosos são entrevistados pelos estudantes

 

*Linda D. Blaj e Silvia V. Kocinas são, respectivamente, diretora e coordenadora da Educação Infantil do Colégio I.L. Peretz.