Férias, sempre é hora de aprender!

Férias, sempre é hora de aprender!

Colégio Pentágono

19 Julho 2017 | 11h07

Férias é tempo de aprender coisas novas e diferentes. É um tempo de descanso da rotina escolar e, também, de disposição para outras experiências que podem ser oportunidades de aprendizagem.

Crianças e jovens não aprendem somente quando estão sentados na sala de aula. As férias proporcionam conhecimento de natureza diferente das atividades acadêmicas.

O tempo livre pode ser utilizado para aprender de maneira não convencional. Um filme estrangeiro,  assistido sem o uso da legenda, pode ampliar o conhecimento de outra língua. Os jogos e quebra-cabeças são distrações que ajudam a desenvolver o raciocínio matemático e as habilidades lógicas. Passear pela cidade onde mora pode trazer muitas descobertas. A maior parte das cidades possui espaços urbanos com várias possibilidades de aprender e de vivenciar as novidades. Com a curiosidade aguçada, conhecemos centros culturais, museus, o patrimônio histórico e observamos a diversidade cultural.

As viagens  proporcionam oportunidades para conhecer lugares e pessoas, misturando diversão e conhecimento. Na verdade, conhecer pode ser mesmo muito divertido. Chegar a uma cidade sem saber em que país ou estado você está? Nem pensar! Orientamos os alunos a se prepararem para conhecer  o local para onde viajarão.

Uma opção muito procurada pelos jovens é o intercâmbio de férias, que combina o aprendizado de inglês com a experiência de viver em outro país, com muitas atividades de lazer.  Professores do Colégio Pentágono organizam e planejam viagens de grupos para intercâmbios de férias no mês de julho.  É uma ótima experiência para os adolescentes.

Ler nas férias? Sim, claro! O Colégio Pentágono indica uma lista de livros para leitura  durante as férias de julho, para ampliar o vocabulário, expandir a escrita, desenvolver a imaginação e a criatividade. O contato com os livros auxilia na organização da forma de pensar autônoma. Estimulamos os nossos alunos, desde pequenos, a reconhecerem a leitura como atividade prazerosa.  

Os estudantes dizem: “Quero férias de tudo! Dias para não fazer nada!”

Dizemos a eles que há muito que aprender além das salas de aulas!

Adriana Giorgi Costa
Orientadora Educacional do Colégio Pentágono