Contribuições da Educação Física para o processo de socialização na Educação Infantil

Contribuições da Educação Física para o processo de socialização na Educação Infantil

Colégio Pentágono

02 Maio 2018 | 12h22

O relacionamento interpessoal é uma habilidade muito desenvolvida dentro do ambiente escolar e é na Educação Infantil o início de todo esse processo, em que ocorre o primeiro contato de uma criança com a outra, fora de seu âmbito familiar. É um novo mundo a se descobrir, recheado de fantasias, imaginação e criatividade, que contribuem para a formação do indivíduo.

Nas aulas de Educação Física do Colégio Pentágono, trabalhamos muito a importância do outro para a execução das diferentes atividades e desafios propostos. As práticas coletivas estabelecem um vínculo afetivo mais intenso entre as crianças e tornam mais evidentes a construção do aprendizado e a participação de todos no desenvolvimento das atividades.

Em dois de nossos cinco valores – o cidadão no mundo e a formação do indivíduo, trabalhamos diariamente com a interação dos nossos alunos em diferentes momentos da nossa rotina. Acreditamos que, para o desenvolvimento de forma integral, o indivíduo necessita saber conviver de forma harmoniosa com os demais colegas.

Os jogos cooperativos são muito utilizados, com o intuito de conscientizar sobre a importância da construção e da participação coletiva, da valorização de todos  e do cumprimento das tarefas, assim como os jogos competitivos que despertam de forma intensa as emoções durante sua prática e trazem uma mistura de sentimentos que demonstram diferentes reações e comportamentos das crianças. Dentre eles está a frustração, que é uma das principais situações  trabalhadas no decorrer das aulas em que mostramos para os alunos que também podemos aprender com a derrota e que, acima de qualquer resultado, devemos ter sempre o respeito com todos os envolvidos naquela prática.

As diferentes emoções e sentimentos vividos na Educação Física contribuem de forma significativa para o desenvolvimento integral do indivíduo e proporcionam um amplo leque de possibilidades para que as crianças possam interagir de maneira eficaz e harmoniosa, buscando sempre um convívio de respeito e solidário entre todos.

Bruno Lehmann
Professor de Educação Física Infantil e Ensino Fundamental I  da Unidade Morumbi do Colégio Pentágono