A rotina na Educação Infantil através do plano de aula

A rotina na Educação Infantil através do plano de aula

Colégio Pentágono

25 Maio 2016 | 09h01

IMG_5812

Quando ouvimos a palavra rotina, logo imaginamos atividades repetidas e, algumas vezes, pouco prazerosas. Porém, a rotina é muito importante para o desenvolvimento do indivíduo e para situá-lo no tempo e no espaço, organizando as diversas atividades desempenhadas no cotidiano.

Ao nascer, o bebê precisa se adaptar a sua nova condição de vida e é a mãe quem inicia o processo, estabelecendo uma rotina, adaptando as necessidades aos horários de mamar, dormir e tomar banho, entre outros.  Essa organização é importante para o amadurecimento neurológico e emocional da criança.

Quando ingressa na escola, a criança se depara com outra rotina, repleta de desafios. No início, essa mudança gera certa insegurança, pois a compreensão do tempo é muito abstrata. No entanto, gradativamente, ela começa a entender, por meio da sequência de atividades, desde a chegada até o momento de ir embora desse novo ambiente.

No Colégio Pentágono, a rotina é construída aos poucos, desde os primeiros dias de aula, e é estabelecida após o período de adaptação, respeitando o ritmo de cada turma. As professoras utilizam diversas estratégias para apresentar as atividades do dia, que constituem o plano de aula.

Com as crianças pequenas, de 1 a 3 anos, é preciso concretizar as ações. Para garantir que elas comecem a entender e consigam se apropriar da rotina, as professoras confeccionam cartazes com figuras e fotos que representam as atividades, como rodas de conversa e de história, lanche, parque, aulas de Música e de Educação Física, entre outras.  A visualização e o manuseio dessas figuras são imprescindíveis nessa faixa etária.

Os cartazes ficam dispostos em locais de fácil acesso para que as crianças possam consultar e acompanhar tudo passo a passo. No final do dia, as professoras, com o auxílio das crianças, retiram os cartazes e, assim, realizam o processo de construção e desconstrução, muito importante para o desenvolvimento cognitivo.

Já com os alunos de 4 a 6 anos, as professoras utilizam outros recursos para construir a rotina. Geralmente, este é um momento muito importante para trabalhar a leitura e a escrita, por meio das palavras das atividades do dia. Também trabalha-se a Matemática, numerando as atividades, e as noções temporais, como o ‘antes’ e o ‘depois’.

Assim é a nossa rotina, recheada de momentos prazerosos e lúdicos e de muita aprendizagem.

Por
Gisela Bertipaglia
Coordenadora Pedagógica Geral da Educação Infantil do Colégio Pentágono