Projeto investiga a economia contemporânea e o mercado financeiro

Projeto investiga a economia contemporânea e o mercado financeiro

Colégio Oswald de Andrade

24 Junho 2015 | 18h41

Normalmente camuflada em números, siglas e operações matemáticas misteriosas, a Economia parece muito distante do dia a dia dos jovens. No entanto, mais do que nunca, eles são direta e indiretamente afetados pelas mudanças econômicas, na medida em que o dinheiro intermedeia muitas das relações sociais atuais.

Mariana Abreu, aluna do 9º ano do Oswald, está pagando todas as parcelas da compra de seu novo celular. Sem receber mesada de seus pais, toda vez que ela quer comprar algo, há um planejamento financeiro que inclui economizar a renda que recebe. “Quando sei que vou precisar fazer uma compra, também sei que vou precisar me virar para isso”, conta Mariana, que já vendeu alguns de seus livros para pagar as parcelas do celular.

Economia jovem  

Pensando em aproximar o universo financeiro à linguagem e ao entendimento dos adolescentes, os professores de Matemática e Geografia do 9º ano do Ensino Fundamental decidiram desenvolver um trabalho em conjunto: o Projeto Mercado Financeiro. Realizado no decorrer do segundo trimestre letivo, o tema tem abordagens complementares nas duas disciplinas. “Para investigar a economia de nosso tempo, o aluno precisa ter noções tanto de matemática financeira quanto de mudanças nas relações econômicas em um momento de globalização”, afirma Vânia Luz, professora de Matemática e uma das idealizadoras do projeto, ao lado de Silvio Tambara e Arthur Medeiros.

7R0A6281 2

Exercício de matemática financeira promove debate sobre compras a prazo

No início do trabalho, os professores formaram oito grupos, que receberam temas específicos para pesquisa – dentre eles, “Consumismo: como os jovens lidam com o dinheiro”. O grupo de Mariana investigou “Bolsa de Valores, Mercados Futuros e Fundos de Investimentos”. “O mais legal foi entender que quando eu invisto dinheiro, não vou ter um retorno rápido, e acho que entender isso é bom porque a gente acha que tudo tem que acontecer ‘pra ontem’”, diz a aluna.

Aluno-professor

Para cada tema, os grupos responderam a algumas perguntas e, com base nelas, elaboraram uma apostila com textos explicativos. Também fez parte desse processo a preparação de uma apresentação para os colegas. No final do projeto, previsto para o mês de agosto, os textos estarão reunidos em um único volume, para que todos os alunos possam ter acesso aos trabalhos de todos os grupos.

Como complementação do projeto Mercado Financeiro, os alunos do 9º ano foram convidados para a palestra “Juros, poupança, mercado de capitais e matemática financeira”, com Leonardo Pagano, consultor de empresas e professor universitário da FGV, PUC-SP e INSPER.

Palestra aconteceu no último dia 17

Palestra aconteceu no último dia 17

Durante o projeto, o estudante Mathias Rondet trabalhou com o tema “Matemática Financeira” e, poucos dias antes da palestra, havia apresentado o conteúdo para seus colegas de sala. “Foi uma forma de todo mundo estar por dentro do que seria falado na palestra e, assim, poder participar mais”, conta. Ele conta que a vinda de um profissional de fora da escola para debater o que eles estão estudando aproximou os alunos de assuntos que antes pareciam intangíveis.