A importância da saída pedagógica no desenvolvimento educacional

A importância da saída pedagógica no desenvolvimento educacional

Uma forma de tornar a aprendizagem mais significativa, a saída pedagógica é reconhecida por consolidar o trabalho realizado dentro da escola, sendo fundamental no desenvolvimento educacional dos estudantes.

Ofélia Fonseca

04 Abril 2018 | 09h00

Os estudantes durante saída pedagógica (Foto: Divulgação/Colégio Ofélia Fonseca)

Uma forma de tornar a aprendizagem mais significativa, a saída pedagógica é reconhecida por consolidar o trabalho realizado dentro da escola, sendo fundamental no desenvolvimento educacional dos estudantes.

Por aliar a teoria à prática, permitindo aos estudantes a vivência para observar, coletar dados e experimentar sensações, a saída pedagógica garante um aprendizado mais efetivo.

Parte importante do processo, o estudo do meio efetiva a saída pedagógica, por integrar as disciplinas dentro de um mesmo contexto, criando condições para o desenvolvimento educacional dos estudantes, bem como, na construção de novos conceitos e habilidades dos indivíduos em formação.

Os estudantes durante saída pedagógica (Foto: Divulgação/Colégio Ofélia Fonseca)

“Todas as saídas pedagógicas integram um processo, que envolve um planejamento para que a metodologia seja aplicada de forma eficiente e objetiva, atendendo as necessidades de uma ou mais disciplinas. Isso envolve um projeto pedagógico bem estruturado e integrado”, explica a diretora do Ofélia, Marisa Monteiro.

Para o estudante Henrique Rocco, 13 anos, do 7º Ano, que pretende ser biólogo, as saídas pedagógicas da disciplina de Ciências, em especial, são uma oportunidade para entender melhor uma área que é de seu interesse. “Eu gostaria de ser biólogo e aproveito todas as oportunidades que a escola me dá para entender melhor essa área. Por isso, as idas ao laboratório e nossas experiências fora da escola, são sempre muito importantes, na minha opinião”, conta Henrique.

Já Eduardo Soares, 12 anos, do 7º Ano, os conteúdos adquiridos durante as saídas pedagógicas são muito mais fáceis de serem absorvidos. “Na escola a gente aprende, mas as coisas são muito mais fáceis quando temos o contato. Estamos estudando as espécies e sua adaptação e nossa ida ao Instituto Butantan foi muito legal para aprender de forma mais efetiva uma experiência que não podemos ter na escola”, completa Eduardo.

Os estudantes durante saída pedagógica (Foto: Divulgação/Colégio Ofélia Fonseca)

Para a professora Taíssa Lukjanenko, de Ciências, as saídas pedagógicas são importantes para integrar o conhecimento teórico com a vivência prática. “Quando a gente sai da sala de aula, nota que o aprendizado fica mais significativo, porque a vivência tem um impacto sobre o que a gente estuda nos livros ou aprende no laboratório. A saída pedagógica tem um impacto na vida real e dá sentido aos estudos porque os alunos se empolgam e o aprendizado é muito maior.”

No Ofélia, as saídas pedagógicas são consideradas um momento coletivo de aprendizagem e de convivência entre professores e estudantes. Por acreditar na relevância dessa atividade, dentro de nosso projeto pedagógico, planejamos cada saída de forma única, envolvendo as disciplinas para promover o aprendizado de forma reflexiva e efetiva.