4 motivos para colocar seu filho na aula de robótica

Thais Gonzales

01 Setembro 2017 | 14h50

A robótica na escola é uma ferramenta valiosa para ensinar várias disciplinas, como matemática, física geografia, em um ambiente de aprendizagem diferente. Com desafios, criações e muitas experiências, o raciocínio lógico é estimulado e os estudantes são motivados a trabalhar em equipe.

O aluno vivencia, por meio da construção de maquetes e robôs programados por eles, conceitos estudados em sala de aula. A robótica educacional trabalha a construção e a reconstrução, a colaboração, o planejamento, a pesquisa e muito mais.

Os benefícios não param por aí. Ressaltamos mais quatro motivos para colocar o seu filho em uma aula de robótica.

Criatividade

Um robô pode ter diversas habilidades, como andar para frente, dar ré, subir, ultrapassar obstáculos, entre outros. A criança tem a criatividade estimulada em todo o processo.

Resolução de problemas

Durante uma programação, imprevistos surgem. O robô estava andando e de repente ele para, por exemplo. Os alunos investigam o que aconteceu e buscam resolver o problema, trabalhando também com a tentativa e erro etc.

Trabalho em equipe

A maioria dos projetos é em equipe. Cada criança pode ser responsável por uma parte dele e, assim, um aprende a esperar o outro, a respeitar o espaço do colega, a compartilhar ideias, a expor opiniões.

Raciocínio lógico

Por trabalhar bastante a resolução de problemas, a robótica desenvolve na criança a consciência e a capacidade de organizar o pensamento para chegar a conclusões.

Embora possibilite o trabalho interdisciplinar, em todo o momento, a matemática também aparece, fortalecendo ainda mais essa habilidade.