Como redescobrir nossos filhos

Colégio FAAP

12 Janeiro 2018 | 14h34

 

Na infância e, sobretudo, na adolescência, a cada dia nossos filhos amanhecem diferentes. É o milagre da vida em desenvolvimento acelerado.

Perceber e entender as nuances que vão revelando esses “novos seres” é o maior desafio dos educadores que, quase sempre, se surpreendem com a exacerbação de uma característica ou com o aparecimento de outras. Esses “novos seres” que surgem, cotidianamente  em nossas casas, ou em nossas salas de aulas, também estão desconfortáveis em suas novidades .

Quem não se dá conta desse renascer constante que é a vida antes da maturidade torna-se vítima de desagradáveis surpresas que, geralmente, são enunciadas por frases como “onde foi que errei?” e cuja resposta é , apenas, uma: a vida de um educador não permite distrações, não tem lugar para descanso.

Mas não basta essa incansável vigilância para que possamos compreender e apoiar nossas crianças e jovens nessa fase tão delicada de suas vidas. É essencial a união plena de todos os envolvidos na sinergia da educação. Família, escola e amigos devem estar em constante estado de atenção e apoio para que, nessa fase de ebulição do ser num mundo em crescente complexidade, ninguém tenha que dizer, “como não percebemos o que acontecia? O que fazer agora?”

Nesse sentido, convocamos pais e familiares a comparecerem à escola de seus filhos, a conhecerem os amigos deles e fazê-los frequentarem suas casas. Devemos usar todos os canais de acesso à realidade de nossos filhos, pois a facilidade com que ela pode se desgarrar de nosso conhecimento é grande e constante.

Isso se agrava quando lembramos que o jovem, em seus diversos cenários, revela facetas diferentes daquelas que conhecemos em casa ou na escola. Essa diversidade, comum aos adultos, é muito mais acentuada na infância e adolescência. Mas demonstra os muitos perfis do crescimento, fase em que hesitações e, sobretudo, omissões não serão esquecidas pelas “vitimas”.

 

 

Professor Henrique Vailati Neto é diretor do Colégio FAAP – SP. Formado em História e Pedagogia, com mestrado em Administração. É professor universitário nas disciplinas de Sociologia e Ciência Política. Tem quatro filhos e quatro netos.

 

Troque ideia com o professor: col.diretoria@faap.br