A educação física no ensino médio

A educação física no ensino médio

Colégio FAAP

20 Outubro 2017 | 18h40

O fenômeno “movimento humano” nunca foi tão abordado pela sociedade nos seus mais diversos âmbitos e aspectos, enquanto descoberta da consciência corporal, saúde, atividade física e todo o seu universo que envolve esportes, danças e, sobretudo, as novas tecnologias voltadas para as mais diversas culturas corporais.

Na Educação Física atual caminham propostas de variados aspectos e objetivos. Algumas, visando a melhoria dos aspectos motores, sociais, cognitivos e afetivos; outras,  focando padrões tipificados de comportamento; outras mais, com o objetivo da promoção da saúde e autonomia para uma vida fisicamente ativa e, por fim, a perspectiva cultural que podemos chamar de cultura do corpo.

A rotina escolar deve ser um campo aberto à discussão de ideias, ao encontro de diferentes culturas e à confluência da diversidade de manifestações corporais dos variados grupos sociais. Por isso, as aulas de Educação Física são uma riquíssima oportunidade temporal e espacial de disseminação dos sentidos, de produção de identidades.

Em nossa proposta pedagógica, o diálogo com o patrimônio cultural, característico da comunidade educativa que se está trabalhando, se faz presente, respeitando a diversidade que coabita esse grupo social.

Dentro desse contexto, no Colégio FAAP, utilizamos, durante o ano letivo, os esportes e outras atividades práticas, de acordo com a característica específica de cada sala, seguindo um programa estabelecido no início do ano e adaptado através das avaliações e percepção dos alunos – ajustes que vão ocorrendo gradativamente.

Além disso, os tópicos acima citados com relação ao espectro do fenômeno do movimento humano são, sistematicamente, abordados durante o ano letivo.

Professor Gilberto Coelho, professor de Educação Física do Colégio FAAP, é fisiologista do exercício pela Unifesp, especialista em treinamento físico pelo NAR e Sport Business Management pela FAAP