Contação de história para os bebês

Contação de história para os bebês

Carina Gonçalves

09 Novembro 2015 | 10h04

 

Recreação - Sitiantes3

 

Por Carina Gonçalves – 9 de novembro de 2015


A leitura pode ser praticada desde o nascimento da criança, com o objetivo de comunicar, expressar e interagir na linguagem de sons, sinais e gestos.  Para isso, pais, professores e cuidadores em geral podem iniciar a atividade com pequenas historinhas e recursos simples como marionetes ou personagens feitos de materiais recicláveis e até mesmo com pinturas nas mãos.

 

Essas atividades despertam o interesse dos bebês, deixando-os mais concentrados e receptivos sobre o que é oferecido a eles, sejam os sons das palavras, dança ou movimentos com o corpo, até gestos simulados de brinquedos e marionetes.  Desta forma, trabalhamos o senso cognitivo (percepção, atenção, memória, raciocínio, juízo, imaginação, pensamento e linguagem).

 

Sempre realizamos essas experiências no Colégio Branca Alves de Lima e temos como retorno excelentes resultados de nossos alunos – do maternal ao ensino fundamental I e II. Na unidade Sitiantes, por exemplo, os bebês interagiram com as formas, texturas, cores e movimentos dos objetos. Também, prestaram muita a atenção na voz e entonação de sons durante a contação de história, ao ar livre.

 

Vejam nas fotos as fofuras de bebês prestando atenção e interagindo com os personagens de palito de sorvete e cabeça de bolinha de isopor, decorada com cabelinho de lã. Foi muito divertido!

 

Recreação - Sitiantes11

Recreação - Sitiantes10

Recreação - Sitiantes9

Recreação - Sitiantes8

Recreação - Sitiantes7

Recreação - Sitiantes6

Recreação - Sitiantes5

Recreação - Sitiantes4