Brincadeira de Criança, Como é Bom!

Brincadeira de Criança, Como é Bom!

Carina Gonçalves

05 Novembro 2015 | 14h18

Brinquedos antigos

 

Por Carina Gonçalves – 05 de novembro de 2015

 


Na época em que os nossos avôs e avós eram crianças não existiam muitas opções de brinquedos para eles se divertirem. Quando os tinham, geralmente eram os seus pais ou eles mesmos quem os fabricavam em casa com recursos rústicos e possíveis. Por exemplo, uma batata podia facilmente se transformar em um porquinho com o encaixe de palitinhos e furinhos na parte dos olhos e boca. Já uma boneca podia ser feita a partir da espiga de milho, com cabelos cor de fogo e saia pregueada com a casca do sabugo.

 

Neste período era a imaginação e a força de vontade que transformava em realidade os desejos das crianças. E pensando em resgatar um pouco desta magia da simplicidade, propomos um desafio aos nossos alunos do ensino fundamental I, do Colégio branca Alves de Lima – unidade Ubiraci, para que investigassem em casa com os pais e avôs quais eram os seus brinquedos favoritos na infância.

 

Soubemos que alguns deles usavam tocos de madeira, pedrinhas, legumes e palitos para fazer diversos tipos de animais, além de brincadeiras como amarelinha, cinco Marias, bolinha de gude, cantigas de roda, passa anel, roda pião, empinar pipa, entre tantas outras atividades possíveis e saudáveis na época. Algumas dessas brincadeiras sobreviveram por décadas e foram passadas de gerações para gerações. Hoje, com o uso recorrente da tecnologia, a maioria dos brinquedos e brincadeiras não exigem muitos esforços (de imaginação e físicos) de nossas crianças. Elas possuem acesso a tudo e rápido, diferente dos nossos avôs e pais, que guardam na lembrança recordações inesquecíveis.

 

E para resgatar um pouco das práticas divertidas e diferentes de época, os alunos do primeiro ano do Ensino Fundamental I criaram, a partir de garrafas pets seu próprio bilboquê, com ilustração de um sapinho que engolia a joaninha feita de material de E. V. A. e tampinha de garrafa colada em um barbante. Como resultado, tivemos muita diversão e até campeonato de quem conseguia fazer o sapinho engolir mais joaninhas.

 

Vejam nas fotos como as crianças gostaram da experiência:

 

Brinquedos antigos7

Brinquedos antigos3

Brinquedos antigos4

Brinquedos antigos5

Brinquedos antigos6

 

Curiosidades:

Você sabia que os brinquedos são milenares e suas confecções eram feitas para diversos fins!

Antigamente, no lugar de bolinhas de gude, as crianças usavam nozes, sementes de frutas e pedras arredondadas para brincarem. Na Roma antiga, o jogo já era comum e as primeiras bolas de vidro encontradas provavelmente eram do século 1 a. C. Há registros históricos de que as primeiras bonecas encontradas datavam de 40.000 a.C. e estavam nos continentes africanos e na Ásia. Também foram descobertas nos sepulcros de crianças egípcias estatuetas que representavam bonecas feitas de madeira com cabelos de cordões ou contas. As bolas redondas ou ovais, também, são datadas em períodos de 4.500 a.C. e eram produzidas com fibras de bambu (Japão) e de crina de animais (China). Já o povo romano e grego recorriam ao uso de tiras de couro, penas de aves ou bexiga de boi para a sua produção.