A importância do Esporte para a Criança

A importância do Esporte para a Criança

be.Living | Educação Bilíngue

21 Setembro 2015 | 13h51

IMG_4223Desde o nascimento usamos a linguagem corporal para nos conhecermos, nos percebermos, nos comunicarmos e nos relacionarmos com o mundo externo. O movimento juntamente com os sentidos são as primeiras e mais importantes ferramentas exploratórias do ser humano.

O movimento é a primeira forma de comunicação, expressão, intenção, reivindicação, construção, organização, descoberta e manifestação que a criança encontra na sua interação e aproximação com o mundo dos objetos, coisas e pessoas.

O movimento age sobre o intelecto numa relação entre o pensar, sentir e agir, englobando as funções neurofisiológicas e psíquicas, assegurando um desenvolvimento funcional que possibilita expandir e equilibrar a afetividade nas relações sociais.

Portanto o movimento é considerado como a base fundamental – o fio condutor- é o alicerce para atingir o mais eficiente desenvolvimento global das crianças.

Assim é que o esporte deve ser apresentado para as crianças, como algo divertido que proporcionará o desenvolvimento de suas potencialidades físicas, cognitivas e emocionais. Sem nenhum tipo de imposição por parte dos pais.

A criança deve começar a ter contato com o esporte de maneira prazerosa, como uma brincadeira. Até os oito anos de idade ela deve experimentar várias modalidades esportivas sem a obrigação de obtenção de resultados. Depois dessa faixa etária naturalmente ela faz a opção pela atividade que se sente mais potente, habilidosa e acima de tudo feliz.

 

Ilci Miranda Aulicino – Professora de Educação Física da be.Living