Sala Global visita o mundo

Sala Global visita o mundo

Colégio Porto Seguro

19 Setembro 2017 | 10h04

Cingapura, EUA e França foram alguns dos destinos mais recentes

Em agosto, o Porto viveu novos dias inesquecíveis, nos quais os alunos se dirigiram às Salas Globais para concretizar mais um rico intercâmbio de experiências, culturas e ideias para um mundo melhor.

Nas últimas semanas, a Sala Global visitou o mundo para conhecer, debater e propor soluções que envolvam tecnologia e sustentabilidade para a sociedade global. Os alunos falaram com engenheiros do IPEN, Elder e Sylvana Migliavacca, sobre enriquecimento de urânio, já que o Brasil possui a quinta reserva do mundo, e energia nuclear para fins de consumo da população.

Depois desse encontro, o grupo viajou até Cingapura para conversar sobre energia fotovoltaica com o engenheiro André Nobre, que desenvolve projetos com essa matriz energética há mais de 10 anos na Europa e na Ásia. Em seguida, foi a vez do Diretor do Google, André Doreto, explicar como a tecnologia está alterando a forma como as pessoas se relacionam e qual a perspectiva para os próximos anos, quando as mensagens serão massificadas e customizadas ao mesmo tempo.

A viagem continuou até o MIT, em Boston (EUA), onde Claudio Olmedo, bolsista da Fundação Lemann, mostrou aos alunos as dependências de uma das maiores instituições do mundo e falou sobre seu projeto de inclusão. Para finalizar, os alunos conheceram o projeto de Santiago Giraldo, o ActiVille, que ensina os habitantes dos arredores de Paris a coletar o lixo de forma sustentável e a retirar material orgânico dos dejetos produzidos pela sociedade.

 

Saiba mais sobre a Sala Global

Em uma era de constantes transformações e avanços tecnológicos, o Porto insere sua comunidade na vanguarda digital com o Projeto Conexão: Sala de Aula Global. A iniciativa consiste em videoconferências sistemáticas com escolas e alunos de diferentes partes do mundo e de diversas faixas etárias, estabelecendo diálogos permanentes para o desenvolvimento de uma consciência global em prol de uma cidadania plena. O diálogo para o entendimento, considerando diferentes pontos de vista, é a maior intenção pedagógica desse projeto.