VESTIBULAR E CARREIRA | Qual é a melhor faculdade para o meu filho?

Colégio Stockler

15 Agosto 2017 | 15h56

Um roteiro com 10 perguntas para ajudar o jovem a escolher as instituições que mais correspondem ao seu perfil

Por Maria José Gimenes
Orientadora educacional do Colégio Stockler
Especialista em Orientação Profissional

 

Em breve, inicia-se a temporada de inscrições nos vestibulares. Vencido o desafio da escolha da carreira, o jovem deve decidir em quais instituições gostaria de fazer a graduação. Muitos adolescentes, tomados pela insegurança, tendem a seguir a lei do mínimo esforço e prestam vestibulares pautando-se exclusivamente pelo número de candidatos por vaga. Como já comentamos em outro post, os pais devem tomar cuidado para não incentivar esse comportamento, estabelecendo expectativas muito baixas em relação à capacidade de seus filhos de garantirem uma vaga em cursos disputados. É claro que ter consciência sobre a concorrência é importante, principalmente como fator de incentivo ao estudo disciplinado. Contudo, esse dado não deve ser encarado como impeditivo do sonho de fazer uma graduação renomada.

Mas afinal, quais critérios devem ser levados em consideração na hora de selecionar as instituições-alvo? Com base em nossa experiência de mais de 30 anos orientando pré-vestibulandos, elaboramos um roteiro com 10 perguntas. Respondê-las significa uma escolha mais consciente e alinhada tanto com as expectativas do jovem quanto com as possibilidades da família.

 

1. A faculdade na qual estou interessado foi bem avaliada pelo MEC?

Vale a pena ir além das notas divulgadas pelas próprias instituições e consultar as informações diretamente no site do Inep. Isso porque o governo divulga mais de um índice de qualidade do ensino superior. Do Índice Enade, calculado a partir dos resultados obtidos pelos concluintes dos cursos em um exame elaborado pelo MEC, ao Índice Geral de Cursos da Instituição (IGC), nota que reflete os resultados de todas as graduações oferecidas pela escola, cada um desses dados oferece pistas diferentes sobre a universidade avaliada.

Clique aqui para acessar as notas do Conceito Enade divulgadas em 2015, as mais recentes disponíveis atualmente.

Clique aqui para acessar os dados do Conceito Preliminar de Curso (2015).

Clique aqui para acessar os dados do Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (2015)

 

2. Como é a infraestrutura da instituição?

Bons laboratórios e bibliotecas são essenciais ao desenvolvimento dos conteúdos e das habilidades características da graduação. Uma visita ao campus é a melhor forma de tirar as dúvidas sobre a qualidade do espaço físico e dos recursos didáticos que a instituição disponibiliza aos seus alunos. A preguiça hoje pode ser fonte de uma grande decepção amanhã.

 

3. No caso de uma universidade privada, qual é o valor da mensalidade do curso que eu gostaria de fazer?

Recomendamos que as famílias conversem e definam, de antemão, um plano para arcar com o compromisso financeiro que será assumido no momento da matrícula. Porém, antes de desistir de uma instituição por conta do valor da mensalidade, pesquise se ela não oferece um programa de bolsas de estudo.

 

4. Em que períodos a faculdade oferece a graduação que eu pretendo cursar?

Algumas escolas oferecem determinados cursos apenas no período matutino enquanto outras abrem vagas também para o período noturno. É um fator que começa a pesar quando chega o momento de correr atrás dos primeiros estágios, já que a maioria das empresas funciona em horário comercial. Diversas graduações são integrais – e não somente aquelas ligadas à área da Saúde – o que também limita as possibilidades de trabalho durante a faculdade.

 

5. Quais disciplinas compõem a grade do curso oferecido por essa instituição?

Analisar as diferenças entre as principais disciplinas, assim como a sequência em que são oferecidas, ajuda a identificar se o perfil da instituição é mais teórico ou mais prático.

 

6. O estágio é obrigatório para a obtenção do diploma?

Para muitas instituições, ter uma primeira vivência profissional faz parte das exigências para a conclusão da graduação. Nesse caso, procure saber como os alunos são encaminhados, se a faculdade conta com o apoio de empresas parceiras e como essa etapa do curso é avaliada.

 

7. O curso oferecido por essa instituição resulta em alguma habilitação ou segue uma linha de formação específica?

Ao buscar essa informação, é importante também procurar entender como o mercado de trabalho funciona. Dentro de um mesmo campo de atuação, algumas habilitações podem ser mais valorizadas do que outras. Além disso, o jovem deve questionar se os seus interesses combinam com a linha de formação priorizada por aquela faculdade.

 

8. A instituição tem convênio com universidades estrangeiras?

A possibilidade de concluir parte da carga do curso fora do país pode representar um diferencial na formação. Mas antes de se entusiasmar com essa perspectiva é essencial apurar como são selecionados os participantes e quais são os pré-requisitos para inscrição em programas de intercâmbio. Fluência em alguma língua estrangeira costuma figurar entre as exigências.

 

9. Qual é a localização da instituição?

Para quem vive em grandes cidades, o tempo de deslocamento para chegar à aula sem atrasos deve ser levado em consideração. Já para quem pretende prestar vestibular em outras cidades ou estados, é importante avaliar o custo de vida naquela localidade. Fazer contas faz parte do processo de escolha e a família deve participar ativamente dessa análise, pois, frequentemente, as consequências da opção feita pelo jovem serão sentidas por todos.

 

10. Como é o processo seletivo para ingresso nessa faculdade?

Um bom ponto de partida é o edital divulgado anualmente pela maioria das instituições de ensino superior. Conhecer as etapas do vestibular aplicado pela faculdade é essencial para evitar surpresas. Depois de entender quais critérios são considerados – resultados em exame, nota no Enem, prova oral – recomenda-se que o estudante faça algumas edições anteriores dos exames.

 

Para saber mais

Quem, mesmo após responder a essas perguntas, continuar em dúvida sobre como escolher a faculdade pode recorrer a eventos de orientação profissional. Muitos deles contam com espaços para que as instituições de ensino superior divulguem seus cursos. Falar com profissionais atuantes na área de interesse do jovem é outra boa estratégia para compreender o que o mercado busca nos profissionais que estão começando a carreira.

Neste final de semana, o Colégio Stockler promove um encontro que é aberto ao público. Ele segue um formato diferente, organizado em torno de mesas-redondas com profissionais agrupados por área de atuação. Dessa forma, os participantes vivenciam uma conversa franca sobre o dia a dia, os desafios e as recompensas de cada carreira. A entrada é franca.

 

8º MERGULHO NAS CARREIRAS DO COLÉGIO STOCKLER

19 de agosto de 2017, das 9h00 às 14h

 

PROGRAMAÇÃO

PAINÉIS: DESAFIOS, RECOMPENSAS E PERSPECTIVAS EM
• Medicina
• Engenharia
• Direito
• Administração de Empresas

 

PLANTÃO PROFISSÃO: AFINAL, O QUE FAZ O PROFISSIONAL DE…
• Ciências da Computação/ Tecnologia da Informação
• Economia
• Jornalismo
• Matemática
• Ciências Moleculares
•  Geologia

 

E MAIS:
• Oficinas
• Bate-papo com o coach Bob Hirsch
• Feira de Faculdades

 

Colégio Stockler na Rede