Clube da Leitura: uma iniciativa pedagógica e lúdica

Clube da Leitura: uma iniciativa pedagógica e lúdica

Colégio São Luís Jesuítas

29 Junho 2015 | 11h36

leitura

Despertar um interesse maior pela leitura, inserindo vários elementos culturais, como música, teatro, dança e cinema. Esse é o propósito do projeto Clube da Leitura do Colégio São Luís, que ocorre em uma sexta-feira do mês e tem a participação, em média, de 30 alunos do Ensino Médio noturno.

Os próprios alunos escolhem uma obra a ser lida no período de um mês. Depois se reúnem para debater, refletir e aprofundar no tema escolhido para a ocasião. O Clube da Leitura inclui, ainda, atividades lúdicas e interativas, como dramatização da obra, sarau, jogos didáticos, música. Tudo para tornar a leitura mais prazerosa.

Já foram debatidas obras de autores renomados nacionais e internacionais, como Capitães de Areia, de Jorge Amado; O Abraço, de Lygia Bonjunga; Contos de Terror, de Edgar Allan Poe; Histórias de Mistério, Meus Contos Esquecidos e, Ciranda de Pedra, de Lygia Fagundes Telles, além de livros de poesia e outros gêneros.

“Esse projeto acabou influenciando os alunos a adquirirem um maior interesse pela leitura, inclusive eu mesma passei a gostar mais. Já fizemos até uma pequena apresentação sobre o Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna, e foi muito divertido”, conta Gabriela Fidelis, 17 anos, aluna do Ensino Médio noturno, que criou esse projeto no ano passado, juntamente com a ex-aluna Tânia Braga dos Reis, 17, a professora de Literatura do noturno, Renata da Silva, e a coordenação da biblioteca.

O Clube da Leitura também visa ampliar o universo cultural e pedagógico. Neste primeiro ano de existência, já foram realizadas apresentações com violão e voz, teclados, grupo de violeiros e até um concurso de marcadores de páginas, em comemoração aos 75 anos do noturno.

“A ação é uma importante troca de experiências culturais e literárias, possibilitando uma maior interação entre os estudantes, professores e funcionários. Além de ampliar a percepção, concentração e reflexão dos participantes, promovendo o aprendizado mútuo”, afirma Gládis Maria Schmidt, coordenadora da Biblioteca.

Projeto social — O Ensino Médio noturno é mantido pelo São Luís há mais de 70 anos e auxilia, anualmente, a mais de 400 estudantes sem condições financeiras de cursar uma escola particular. Eles recebem bolsas de até 100%, além de outros benefícios, como material didático, uniforme e lanche.  O curso tem 32 horas de carga horária semanal, com uma equipe de educadores qualificados, em seis aulas diárias, mais aulas de educação física.