Com o Carona a Pé, crianças e adultos da Santi caminham juntos até a escola

Com o Carona a Pé, crianças e adultos da Santi caminham juntos até a escola

Escola Santi

25 Outubro 2017 | 12h21

Iniciativa estimula a redução do uso de automóveis e a relação mais direta dos pequenos estudantes com a cidade

 

Um projeto aderido pela Escola Santi pretende mudar, de forma criativa e educativa, a maneira com que as crianças se deslocam de suas casas até a escola no bairro do Paraíso e vice-versa. Trata-se do “Carona a Pé”, iniciativa em que alunos da Educação Infantil ao 5º ano, com idades entre 3 e 10 anos partem, em pequenos grupos, de pontos de encontro espalhados na região da escola, sempre acompanhados por condutores voluntários, que os guiam a pé e em segurança pelas ruas até a porta da Santi. Alunos do Fundamental 2 podem participar como monitores e auxiliar os adultos condutores.

A iniciativa, criada pela Organização de Mobilidade e Educação Carona a Pé, teve início em 2015 em apenas um colégio da capital e, logo, outras instituições, entre elas a Santi, aderiram ao projeto. Os primeiros grupos de alunos da Santi começaram a percorrer as ruas do entorno da escola a partir de 24 de outubro, sob coordenação da área de Mobilidade do programa Santi Sustentável. Até o momento, estão cadastrados no programa cerca de 20 alunos.

Pais e alunos Santi participaram de encontros na escola e planejaram e organizaram juntos suas rotas

Rotas e benefícios

Serão, no total, seis rotas diferentes – quatro no período da manhã e duas à tarde –, englobando ruas da região da escola como Tutoia, Abílio Soares, Carlos Steinen e Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, além da própria estação Paraíso do Metrô.

Entre os monitores e condutores estarão presentes diversos integrantes da comunidade da Escola Santi, como professores, pais, avós e até mesmo alunos do 6º ao 9º ano. É importante ressaltar que tanto as crianças quando os condutores que participam do projeto caminham pelas ruas do bairro devidamente identificados com coletes, aumentando ainda mais a segurança durante o trajeto.

O projeto traz vários benefícios para a comunidade da escola. Para os pais, mães e responsáveis, há a possibilidade da diminuição do uso do automóvel e, consequentemente, do trânsito da região. Já para os pequenos estudantes, as vantagens podem ser ainda mais agradáveis: “A caminhada aumenta a relação deles com a cidade, diminui a ansiedade, pois os alunos chegam à escola mais focados e tranquilos, e reduz o número de atrasos”, explica a professora de inglês Bianca Franco, integrante do grupo de mobilidade do SantiSustentável, responsável pela implantação do Carona a Pé na escola.

Completando a série de proveitos do Carona a Pé, a caminhada com os monitores pode tornar-se uma atividade física lúdica, contribuindo para o bem-estar das crianças. Uma vez adotada, a caminhada rotineira faz com que os pequenos aprendam, aos poucos, o caminho de casa.