Saindo da caixinha

COLÉGIO SANTA MARIA

19 Fevereiro 2016 | 07h30

Currículo diversificado no Ensino Médio do Santa Maria

 

Ao estabelecer que o fio condutor do trabalho no Ensino Médio é a construção da competência acadêmica necessária para ingresso no mundo de educação superior e do trabalho profissional, corre-se o risco de reduzir as experiências e aprendizagem dos estudantes ao chamado “núcleo duro” do currículo, centrado em componentes curriculares tradicionais como Matemática, Biologia, História ou Literatura.

 

No entanto, a competência almejada exige experiências diversificadas quanto à sua natureza, integradas quanto aos conhecimentos envolvidos e alinhadas às necessidades dos jovens, permitindo que construam seu repertório tendo em vista necessidades e desejos individuais. Assim, a escola, em todos os níveis, é desafiada a realizar mudanças significativas na estrutura curricular, marcadas pela flexibilização e diversificação.

 

Nessa perspectiva, o Ensino Médio do Colégio Santa Maria mobiliza recursos de todas as áreas do conhecimento de forma articulada e progressiva ao longo das três séries, oferecendo aos estudantes a possibilidade de escolher alguns cursos que serão oferecidos em cada série e optar, livremente, por seis componentes curriculares para cursar ao longo dos três anos de finalização da Educação Básica.

 

Esta base curricular diversificada, em permanente diálogo com a base comum, traduz intencionalidades específicas para cada série.

 

Na 1ª série destacam-se:

  • A ampliação de repertório científico e cultural;
  • O desenvolvimento de ferramentas para melhorar a capacidade de leitura, análise e interpretação que transcendam o senso comum;
  • O exercício da observação e flexibilização do olhar;
  • O desenvolvimento individual de um olhar atento, intencional e analítico;
  • O aprimoramento da expressão artística e linguística;
  • A experimentação a partir de vivências diversificadas.

Para atingir estes objetivos, em 2016 os alunos poderão optar entre os seguintes cursos:

  1. Cinema e Sociedade: Análise de Filmes
  2. English Pronunciation Essentials for Fluency and Independence
  3. Introdução à Astrofotografia
  4. Oficimagem
  5. Ateliê Experimentação
  6. Interpretando Textos com Competência e Habilidade

 

Na 2ª série, pretende-se promover o aprofundamento conceitual, o amadurecimento da reflexão e o aprimoramento da capacidade analítica por meio de propostas que permitam aos jovens:

  • Adquirir habilidades específicas;
  • Desenvolver a capacidade de expressão a partir das linguagens das Artes, das Ciências Humanas e da Natureza;
  • Experimentar vivências individuais e coletivas de diferentes naturezas em situações significativas que permitam identificar potencialidades, preferências e desafios na construção de um projeto de vida individual;
  • Mobilizar conhecimentos de modo criativo e crítico para posicionar-se de forma competente diante de situações problemáticas;
  • Vivenciar a cultura como realização prazerosa e o encantamento com as Ciências como provocação para a investigação.

Os cursos escolhidos para enfrentar esses desafios em 2016 são:

  1. Do Rei do Congo à Tati Quebra-barraco: Notas de Música de Cultura Negra e Afro-brasileira
  2. Leitura e Crítica da Obra Teatral
  3. Mitologia na Narrativa Cinematográfica
  4. Introdução ao Estudo do Xadrez
  5. Experimentação em Física
  6. Web e as Mídias Digitais

 

O ciclo iniciado em 2014 encerra-se, na 3ª série, com a oferta de cursos que viabilizam:

  • O refinamento conceitual, com enriquecimento de repertório por meio da investigação experimental e apropriação de técnicas específicas, já em interface com o Ensino Superior;
  • O compartilhamento de experiências;
  • A lapidação da habilidade de leitura crítica da realidade;
  • O desenvolvimento de técnicas que promovem fluência e autonomia no aprendizado.

Estas metas são intensivamente exploradas nos cursos de:

  1. Bioquímica Experimental
  2. Cine Clube.Arte
  3. Distopias: Um Aviso Sobre o Futuro
  4. Do Rei do Congo à Tati Quebra-Barraco: Notas de Música e Cultura Negra e Afro-Brasileira
  5. Linguagem Fotográfica
  6. Noções de Direito Penal

 

Novos arranjos e propostas são possíveis e desejáveis a cada ano, conferindo dinamismo e flexibilidade ao desenho curricular que, dessa forma, está em constante transformação.