Raízes do coração

Raízes do coração

Colégio Santa Maria

02 Dezembro 2015 | 11h14

Projeto do Jardim II do Santa Maria estuda ramificações sob várias vertentes        

Após as férias de julho, as crianças retornaram à escola com saudades, cheias de novidades e desejo de relatá-las. A professora do Jardim II, Elizabeth Muniz, observou que, nas brincadeiras no parque e passeios ao bosque, as crianças encontravam raízes secas e soltas nestes espaços. Após algumas semanas, questionou ao grupo sobre o motivo de pegarem raízes e ouviu: “Para ver se nascem plantas”. Envolvida por essa questão, a turma iniciou o Projeto Raízes.

Após observarem que não nasceram plantas ao plantarem as raízes encontradas no parque, as crianças relataram: “Não nasce planta, precisamos plantar sementes!” E assim, escolheram plantar semente de feijão. Após alguns dias, ficaram surpresos e felizes ao descobrirem que a raiz aparece depois de se plantar a semente de feijão no algodão.     “Também realizamos receitas culinárias com raízes: salada de beterraba, mandioquinha, cenoura e batata”, detalha a professora.

No quarto bimestre, o grupo do Jardim II E, envolvido pelo tema, lançou a seguinte questão: “Existem raízes no coração?” O grupo verificou, por meio de imagens, em livros e pesquisas na internet, que as raízes no coração são as veias e artérias. As crianças levantaram suas hipóteses, trouxeram livros e após investigações, confronto de ideias e conhecimentos científicos, chegaram a outra questão: “Minha família é a raiz do meu coração”.

Partindo dela, o Projeto Raízes do Coração teve como objetivo o estudo da família. “Montamos o álbum A Árvore da Família, com a participação da família de cada criança para formar a árvore genealógica e conhecer a origem de sua família e as pessoas que vieram antes, os antepassados, também chamados de ancestrais. Todos os dias, ouvimos a história de cada criança”, relata Elizabeth.

0212_IMG_5637 0212_IMG_5638

Outras atividades interdisciplinares também foram aplicadas e revelaram muitas habilidades: ouvir, falar, investigar, respeitar, partilhar, criar, organizar, comparar, entre outras:

  • A visita ao Laboratório de Ciências, com a professora Márcia, aprofundou conhecimentos científicos sobre o coração, como por exemplo, o tamanho do coração é do tamanho da nossa mão fechada;
  • Músicas e poesias sobre raízes, compartilhadas pelo grupo, revelando um lado poético dos alunos;
  • Os alunos trouxeram livros sobre o corpo humano, despertando um espírito investigativo, com o objetivo de conhecerem as “raízes” do coração (veias e artérias);
  • Descobriram plantas e árvores que possuem raízes submersas, aquáticas, expostas.

O projeto foi encerrado com o plantio de uma muda de árvore no parque, próximo às tartarugas, representando as Raízes do Coração do Jardim II E. Certamente, será registrado na memória de cada aluno, que poderá revisitar a árvore sempre que desejar.

0212_IMG_1250 0212_IMG_1233 0212_IMG_1585