Natal sem consumismo

Natal sem consumismo

COLÉGIO SANTA MARIA

02 Janeiro 2017 | 07h30

Durante o segundo semestre letivo de 2016, os alunos do curso de Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Colégio Santa Maria foram desafiados a refletir sobre sua postura e hábitos de consumo no projeto interdisciplinar intitulado “EU NO MUNDO”.

Conscientes que participam de uma sociedade de consumo, plenamente exposta aos apelos da mídia, que incentiva e valoriza o individuo a lutar sem medidas, para possuir cada vez mais bens e produtos, pensando ser esse o caminho para o  reconhecido social, em detrimento do  valor como pessoa, os alunos da EJA construíram projetos buscando resgatar o verdadeiro valor da vida e das pessoas com as quais convivem.

Controlados por horários, compromissos até então considerados inadiáveis, que deixavam família e amigos em segundo plano, os alunos procuraram alternativas que pudesse redesenhar suas ações na busca da melhoria da qualidade de vida e nas relações sociais, valorizando os pequenos prazeres que passavam despercebidos na turbulência do dia a dia.

Foram quatro meses de trabalhos reflexivos, uma verdadeira terapia sobre o comportamento de cada um, que resultaram em significativas mudanças de atitudes positivas, percebidas nas apresentações dos trabalhos e em depoimentos pessoais.

Coincidentemente, a finalização do projeto culminou com as comemorações de final de ano, quando os apelos de consumo se intensificam.

Chegava a hora da prova de fogo. Será que o projeto teria provocado ecos nas mudanças de hábitos ou seria, só, mais um belo trabalho apresentado para conquistar a aprovação nas avaliações finais? Seriam ou não seduzidos pelos apelos de um Natal consumista?

A resposta não tardou.

Retomaram ao seguinte texto trabalhado nas últimas semanas de aulas:

Na Islândia, a tradição do Natal é trocar livros

E se os presentes de Natal fossem apenas livros? Essa é uma tradição na Islândia. O país tem o costume de comemorar o Natal com troca de livros. Além de evitar o consumismo exacerbado, a prática incentiva a leitura e promove a cultura. Chamada também de “Terra do Gelo”, a Islândia está localizada no hemisfério norte, o que significa que a estação do Natal é o inverno. O frio é um incentivo extra para que as famílias passem a noite de Natal trocando e lendo seus novos livros, enquanto estão aquecidos dentro de suas casas.

Mas, como a leitura é bem-vinda em qualquer época do ano, independente das condições do clima, essa é uma tradição que poderia ser replicada em qualquer lugar do mundo, inclusive no Brasil. Os pontos positivos desta prática são muitos, desde a economia financeira e a sustentabilidade até a promoção de hábitos simples e prazerosos que estão cada vez mais esquecidos. O melhor de tudo é que, ao presentear alguém com um livro, não é necessário comprar um exemplar novo. Basta escrever uma dedicatória, escolher uma edição que tem em casa ou adquirida em um sebo e permitir que um novo leitor aproveite todo prazer que essas páginas podem proporcionar.

A leitura tem papel fundamental na cultura islandesa. Um artigo publicado pela BBC em 2013 apresentava uma pesquisa sobre a relação entre os islandeses e os livros, mostrando que uma em cada dez pessoas do país são leitores tão ávidos que acabam se tornando escritores.

Apesar de ter uma média de apenas 329 mil habitantes, a Islândia tem uma relação tão forte com a leitura que o país possui mais leitores, mais escritores, mais livros publicados e lidos do que qualquer outro país no mundo, de acordo com a BBC.

Promover a leitura é muito simples, basta incentivá-la. Que tal começar isso também no Brasil para que a troca de livros vire uma tradição apreciada e valorizada por todos?

Fonte: Ciclo Vivo

http://institutosingularidades.edu.br/novoportal/na-islandia-tradicao-do-natal-e-trocar-livros/#sthash.yHdRxTT4.dpuf

Desafio aceito, no dia 10 de dezembro durante a confraternização entre os alunos, repetiu-se o gesto islandês e com grande alegria, trocaram livros e mensagens que com certeza ficarão marcadas por muito tempo entre os presenteados.

 

0201_IMG-20161212-WA0013 0201_IMG-20161212-WA0015 0201_IMG-20161212-WA0018

 

Mais conteúdo sobre:

Colégio Santa MariaEJA