Lição de casa no Ensino Médio

Lição de casa no Ensino Médio

Colégio Santa Maria

14 Agosto 2015 | 07h00

Reflexão da orientadora da 2ª série do Ensino Médio, Maria Soledad Más Gandini, sobre lição de casa como estratégia de ensino-aprendizagem

 1408_Lição

Lição de casa, tarefa de casa, dever de casa – de que estamos falando, afinal? É frequente o entendimento da lição como uma lista de exercícios a resolver, geralmente associada à realização mecânica e pouco reflexiva. Talvez essa seja uma das principais razões para ser considerada enfadonha e pouco significativa pelos alunos, notadamente no Ensino Médio. E também para o baixo envolvimento em sua realização.

Diante desse desafio, a equipe de educadores do Ensino Médio do Santa Maria se propõe a rever, ampliar e aprofundar essa compreensão, entendendo lição de casa como toda atividade pedagógica elaborada e proposta por professores, destinada ao trabalho dos alunos fora do período regular de aulas. Nesse sentido, não se esgota com sua realização em casa, mas requer uma discussão e problematização posterior, permitindo que o professor verifique dificuldades individuais e coletivas, avalie o processo em andamento e faça as modificações necessárias para assegurar a superação das dificuldades dos estudantes em defasagem.


Nessa perspectiva, a lição de casa não se limita à aplicação de conhecimentos, mas pode assumir outras funções essenciais à consolidação da aprendizagem como a introdução a determinado assunto, a sistematização ou o aprofundamento. Da mesma forma, não precisa restringir-se aos mencionados exercícios, mas inclui atividades como:

  • Produção de textos, resumos, fichamentos ou mapas conceituais;
  • Investigação de situações-problema;
  • Elaboração de produção artística;
  • Pesquisa;
  • Leitura de livros ou textos;
  • Observação de determinado fenômeno ao longo de um tempo;
  • Realização de experimentos.

Entendida como oportunidade de autoconhecimento e reflexão, a lição de casa deve proporcionar desafios pedagógicos fora do contexto escolar, contribuindo para a consolidação da autonomia dos estudantes na organização de sua rotina de estudos. Além disso, oferece a possibilidade de rever os assuntos tratados em aula, desenvolver habilidades de pesquisa, familiarizar-se e apropriar-se de vocabulário, aprofundar-se num determinado assunto e sistematizar, aplicar ou fixar conceitos.

Ao fazer a lição de casa, o estudante é estimulado a fazer-se as seguintes perguntas: O que sei deste conteúdo? O que ainda não consegui entender? Que perguntas gostaria de fazer? Que hipóteses levanto sobre a minha dificuldade? O que está interferindo na minha aprendizagem, ajudando ou atrapalhando? Que ajuda preciso do meu professor?

Pensar as lições para casa implica pensar o que é aula, o que é trabalho docente, o que é trabalho discente, o que não é aula e o que é trabalho pedagógico. Quais as relações entre tudo isso? É uma reflexão que não tem fim.

Mais conteúdo sobre:

lição de casa