Graffiti, a  linguagem da adolescência

Graffiti, a  linguagem da adolescência

COLÉGIO SANTA MARIA

14 Agosto 2017 | 09h20

Autoria: Adriana Pistori

O Graffiti (ou grafite) é uma forma de expressão artística que surgiu na década de 70 em Nova York com alguns jovens que deixavam seus nomes e desenhos nas paredes da cidade. Em geral está ligado a movimentos de jovens, principalmente ao Hip Hop.

Essa linguagem gera muitas polêmicas, pois alguns acreditam que tudo não passa de poluição visual e vandalismo, mas outros acreditam que se trata de uma produção artística, já reconhecida por historiadores e críticos de arte.

O Projeto de Série do 8º ano do Santa Maria gira em torno do Adolescente e seu mundo, por isso foi trabalhada na aula de arte essa expressão artística tão polêmica. Os alunos foram instigados a conhecer essa linguagem através do estudo de alguns artistas e da discussão sobre o conflito em São Paulo, onde vários murais e pichações (que se confundiam na cidade) foram cobertos de cinza.

Eles ainda passaram pelo processo de produção de criação do desenho, confecção da máscara (estêncil) e da grafitagem sobre papel. Foi uma experiência marcante para nossos alunos que experimentaram a maneira de fazer Arte Urbana e souberam apreciar e valorizar essa forma artística tão atual, acessível e presente no dia a dia de São Paulo.

Mais conteúdo sobre:

Colégio Santa Mariagraffitigrafite