Formando pequenos escritores

Formando pequenos escritores

Colégio Santa Maria

09 Setembro 2015 | 09h28

Você se lembra das aulas de redação? Da preocupação em escrever contando a quantidade de linhas? Esse tempo já passou… Hoje, escrever textos no Colégio Santa Maria significa ao aluno ser autor, protagonizar em um mundo sem limitações, criar…

1009_20150904_151613

No 2º ano do Fundamental I, inicia-se o trabalho com relatos e produções de textos de autoria. Os alunos são repertoriados sobre o tema a ser desenvolvido, além de serem socializadas no grupo suas ideias e vivências. “Como acreditamos que o conhecimento é interdisciplinar, em determinados momentos, propomos aos alunos temas que propiciem resgatar conhecimentos de outras áreas”, explica a professora da série Tatiana Uehara.

Escrever textos é um processo que envolve diversas etapas: planejar, escrever, reler, reescrever (refacção).

Num primeiro momento, os alunos relembram coletivamente os critérios necessários para se escrever um bom texto, como: planejar a história, preocupar-se com a ortografia aplicando as regras já trabalhadas, fazer parágrafos, usar conectivos e marcadores temporais adequados.

Durante a escrita, os alunos são lembrados a reler o que já escreveu, afinal um escritor proficiente não deixa a revisão para o final, uma vez que esse olhar é para verificar se a ideia comunicativa está cumprindo a sua finalidade. Desse modo, o aluno poderá fazer a intervenção necessária e, a partir daí, planejar a sua continuidade.

É dessa forma que investimos e incentivamos a formação desses pequenos escritores competentes.”, resume a professora Luciana Ennes.

Antes eu não gostava de escrever, mas agora eu gosto e me divirto.” – André Ramalho Gonçalves – 2º ano E

Quando eu escrevo, eu ligo a minha fábrica da imaginação.” – Juliana Andrade Graf – 2º ano E

Eu gosto de escrever porque uso as minhas ideias e melhoro a minha escrita.” – Eduardo Amon Winarski – 2º ano E