Eu, o outro e o mundo…A importância da empatia na infância

Eu, o outro e o mundo…A importância da empatia na infância

Colégio Santa Maria

01 Novembro 2017 | 07h30

Autoria: Orgides Neta

As crianças do Pré C do Colégio Santa Maria estão experimentando momentos e situações que, por intermédio de suas experiências, têm como objetivo o desenvolvimento dos sentimentos de empatia a partir da infância.

Vivemos em uma geração em que as crianças estão crescendo inseridas no mundo digital e tecnológico, acompanhadas de celulares, tablets, jogos, aplicativos e redes sociais, mas ao mesmo tempo em que estão conectados com o mundo, percebe-se o crescimento dos sentimentos de isolamento e solidão.

Buscando romper com essa cultura crescente, temos valorizado experiências em que as crianças busquem se conhecer, focar em suas próprias emoções, nomeando seus sentimentos e aprendendo a lidar com eles. Nas rodas de conversa expõem seus pensamentos, ideias, vivências e emoções para os colegas e professores. Também trabalhamos com a importância da respiração no autocontrole do corpo e da mente.


A partir da experiência do eu, incentivamos e organizamos momentos em que busquem compreender a realidade dos outros e desenvolver a atitude de se colocar no lugar do amigo e tentar sentir o que ele está sentindo, desenvolvendo sua própria inteligência emocional. Nas atividades de relaxamento, massageamos os amigos para que se sintam bem e relaxados e em situações de conflito, buscamos ouvir os sentimentos de todos os envolvidos e juntos buscar resolver a situação.

E por último, compreender que estamos inseridos neste mundo, fazemos parte de grupos em que estão presentes dentro de uma família, escola, sociedade, natureza, mundo. Perceber que vivemos em diferentes esferas e construímos diferentes relações pelas quais somos responsáveis e corresponsáveis, precisando se adaptar a este mundo, tomando atitudes que construam um mundo melhor, mais pacífico, justo e ao mesmo tempo cuidado, protegido e preservado. Nas leituras de histórias que trabalham as emoções, dialogamos sobre os sentimentos de carinho, cuidado e compaixão. Nos projetos desenvolvidos discutimos assuntos relacionados à importância do ambiente, da proteção e preservação.

Crescer aprendendo a conhecer, conviver, ser e fazer!