Entre poemas e partituras

Entre poemas e partituras

Colégio Santa Maria

22 Junho 2015 | 07h00

Sarau do 8º ano se revelou um evento transformador na escola

Eventos culturais surgidos há mais de um século, os saraus hoje multiplicam-se incrivelmente numa metrópole como São Paulo. Os jovens gostam de ficar horas na Internet, mas também gostam muito de ler. Essa afirmação foi confirmada no II Sarau do 8º Ano do Colégio Santa Maria. Em uma fria manhã de terça-feira, os alunos compareceram com seus poemas, instrumentos musicais e muita vontade de participar. E foi alegria o sentimento mais presente no sarau. No final, depois de vivificarem tantos poetas, alunos, professores e funcionários saíram saciados de cultura. O evento, que teve sua primeira edição no final do ano passado, nesta contou com uma mudança que fez toda a diferença para esse sentimento pleno de satisfação de todos os participantes: o espaço, a Sala do Piano.

2206_DSC01689 2206_SC01637

O resultado foi um momento singular de muita música, canto e, é claro, leitura de poemas. O evento também contou com um clima de descontração entre os professores e alunos, permitindo a participação até dos mais tímidos. O sucesso foi tão grande que os alunos pediram a realização de outro, ainda neste ano. “Essa iniciativa dos professores do 8º ano ratifica a concepção da escola também como espaço social, onde estudantes e professores tomam parte do processo de ensino e aprendizagem atravessado por discursos diversos, como a literatura, a música, o canto, a dança, enfim, todas as artes. Essa é uma função da escola: proporcionar essa multiplicação, essa variedade de espaços de dizer e fazer, ou seja, transformar-se em um espaço dinâmico onde se constroem olhares e interpretações sobre o mundo”, declara a professora de Língua Portuguesa da série, Ariete Fernandes.

2206_DSC01666 2206_DSC01680