Documentar para quê?

Documentar para quê?

Colégio Santa Maria

04 Outubro 2017 | 10h45

Autoria: Luciana Boggi

Criança protagonista, atuante, reflexiva e consciente de suas ações são termos muito usados hoje em dia na educação. Porém, como tornar tudo isso possível?

Além de vivenciar experiências, as crianças precisam retomar o que fizeram, identificar-se nas propostas, perceber o caminho percorrido… Dessa forma a aprendizagem se torna efetiva, pois possibilita ao sujeito relacionar conteúdos aprendidos e provoca novas conexões cerebrais. Cartazes, painéis expositivos e fotos são instrumentos fundamentais para esse processo.

Pensando nesses aspectos, a Educação Infantil do Santa Maria documentou todo o desenrolar dos projetos desenvolvidos pelas diferentes séries – Jardim I, Jardim II e Pré. E num lindo sábado ensolarado, no evento de Pe. Moreau, possibilitou que as famílias visualizassem as produções e aprendizagem de cada grupo.

Nesse dia, foi criado um espaço permeado por objetos, fotos e textos escritos que tornaram visível a aprendizagem das crianças. Por meio da II Mostra “Do projeto à pesquisa com as crianças”, os conhecimentos e pesquisas ultrapassaram os muros da escola. Estabeleceu-se uma parceria com a comunidade na medida em que toda a comunidade pôde conhecer os processos e prestigiar a produção das crianças.

Ao entrar no espaço, era possível se conectar com os mais diferentes processos e mergulhar na história de cada um. Ali “mentes e corações” falavam sobre conhecimentos, afetos e parcerias!

Sorrisos, olhos brilhantes, cérebros pensantes e corações iluminados narraram fatos e descobertas… Crianças protagonistas que conhecem as intenções e todo o processo vivido!