Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

.Edu

Educação » Cursos rápidos e milagrosos para a aquisição de língua estrangeira valem a pena?

.Edu

Colégio Santa Maria

21 Abril 2017 | 07h30

Autoria: Maurício de Albuquerque Leite

Estamos testemunhando a multiplicação de cursos rápidos para o aprendizado da língua inglesa em toda a rede internacional de computadores. Ao acessar a internet pelo seu computador, tablet ou smartphone, surge insistentemente uma janela oferecendo metodologias revolucionárias para dominar esse idioma de forma milagrosamente rápida e fácil.

Este é certamente mais um exemplo claro de que estamos vivendo na era da informação, ou será esta a sociedade do conhecimento e da aprendizagem? O Professor de Filosofia da Educação na Universidade de Barcelona Jorge Larrosa questiona a intercambialidade entre os termos informação, conhecimento e aprendizagem: “Como se o conhecimento se desse sob a forma de informação, e como se aprender não fosse outra coisa que não adquirir e processar informação”. Ainda sobre a confusão entre estes três importantes elementos, o autor espanhol conclui “O que eu quero apontar aqui é que uma sociedade constituída sob o signo da informação é uma sociedade na qual a experiência é impossível”.

Um método que propõe memorização mecanizada de palavras, de frases e de expressões idiomáticas, voltadas para situações familiares do dia a dia do aluno (informações) significa automaticamente que ele aprendeu o idioma (aprendizagem)? E quanto às sutilezas de diferentes discursos? Um falante automático de uma língua estrangeira será capaz de compreender as intencionalidades contidas em anúncios publicitários ou em letras de músicas (conhecimento)?

O trabalho dos professores de Língua Inglesa dentro do Colégio Santa Maria tem exatamente este propósito: o de oferecer aos nossos alunos experiências de construção de significado, para que a língua estrangeira seja adquirida a partir de momentos compartilhados, de exercícios voltados para uma comunicação eficiente e intencional, propondo uma reflexão crítica partindo do ponto de vista do aluno, valorizando sua história pessoal. E é importante dizer que isso tudo leva tempo.

Diante de um mundo em constante transformação, que nos impõe um ritmo de aquisição de conhecimento cada vez mais alucinante, é importante haver tempo para a experimentação, pois a partir dela a informação se torna, de fato, aprendizado.

Encontrou algum erro? Entre em contato