Como definir o corpo sem exercícios?!

COLÉGIO SANTA MARIA

25 Agosto 2017 | 07h30

Autoria: Anibal Soares
Não, não se trata de uma pílula milagrosa. Muitos buscam o corpo “perfeito”, mas não querem frequentar a academia ou querem um remédio mágico, sem dieta.
No Ensino Médio do Colégio Santa Maria, procuramos ensinar que a aprendizagem de Matemática funciona como uma academia. Não adianta ser sedentário e, de uma hora para outra, entrar na academia e malhar por horas. O resultado será dor e desânimo. De nada adianta uma dieta sem um acompanhamento de um profissional da saúde, para que não faltem vitaminas ou energia.
Por vezes, os alunos não fazem suas lições, não aproveitam plenamente a aula e preferem copiar da lousa. Entendem tudo, ou quase tudo, o que é verdade, mas sem treino adequado, ou seja, constante, um pouco a cada dia. Assim, não assimilam e não encontram seus erros. É comum ouvir dos alunos: “Estudei 4 horas no dia anterior à prova!” ou “ Tive 3 horas de aula particular ontem”. É o mesmo resultado que a pessoa sedentária experimenta ao final do primeiro dia de academia. Dor, decepção, resultados frustrantes. Tentamos ensinar aos alunos que eles devem fazer um pouco a cada dia, de todas as disciplinas, para que não acumulem tarefas num único dia. Quem frequenta academia sabe como funciona, hoje pernas, amanhã braços, depois parte aeróbica, sempre revezando, para descansar uma parte e exercitar outra.
Os alunos que conseguem maior organização em seus horários, são os que obtêm melhores resultados. Quando um livro deve ser lido, lê–se um pouco a cada dia. Quando uma pesquisa deve ser feita e apresentada, uma etapa é feita a cada dia, para não acumular. Um dia pesquisa, outro leitura, outro digitação, outro correção, e assim por diante, até a conclusão da tarefa.
Ao frequentar uma academia, nos acostumamos com termos como “tríceps”, “supino”, “legs”. Na Matemática, também é importante o uso de vocabulário específico e este vocabulário é construído durante a vida escolar. Termos como “equação”, “função”, “denominador”, entre outros tantos, são usados com frequência durante as aulas, mas muitas vezes, ignorados pelos alunos, que buscam apenas um jeito rápido de resolver, sem se preocupar com o processo.
Trabalhamos para que, não só na Matemática, mas em todo o processo de aprendizagem , os alunos, tanto da escola , como os da academia, não busquem soluções rápidas, mas sim duradouras, com paciência e empenho, para que obtenham os resultados esperados.

 

Mais conteúdo sobre:

Colégio Santa Maria