Colecionar e aprender

Colecionar e aprender

Colégio Santa Maria

19 Agosto 2015 | 07h00

Jardim II do Colégio Santa Maria faz uso de grupo de objetos para desenvolvimento de conhecimentos matemáticos e outras habilidades

1908  1908_IMG_6287

 

Colecionar objetos pode ser um passatempo e, ao mesmo tempo, uma ferramenta muito potente para disparar situações problemas envolvendo habilidades de contagem, classificação e registro. As coleções são formas lúdicas de aprender números, grandezas e quantidades.

Para colecionar, não basta apenas juntar coisas, é preciso haver um significado, um sentimento. E é assim que o colecionador vê cada objeto de sua coleção: com um significado, com uma história, com um sentimento, com uma recordação. O aluno Luca, 4 anos, do Jardim II, comentou:

“Colecionar é juntar objetos que você gosta muito e quer mais”.

Os alunos da série trouxeram suas coleções ao Colégio no primeiro dia de aula após as férias, relataram como conseguiram juntar os objetos e por que escolheram colecioná-los. Desde então, exploraram os objetos livremente, registraram sua coleção por meio do desenho, estimaram quantos objetos existem, classificaram, seriaram, compararam de acordo com diversos critérios, estabelecendo diferentes relações, desenvolvendo o raciocínio lógico matemático.

1908_IMG_6040

“Na sala apresentamos uma coleção de tampas de garrafa pet e foi um sucesso com os alunos, que exploraram, montaram diferentes desenhos e histórias”, relata a professora Elizabeth Nishiyama Muniz. Com essa proposta foi possível perceber como os alunos faziam escolhas seguindo categorias matemáticas.

“As possibilidades de aprendizagens com esta proposta são muitas. Com esta turma identificamos: habilidades de organização dos objetos da coleção, as diferentes formas de classificar, contar, diálogo de negociação e a responsabilidade de aprender a cuidar da sua coleção”, finaliza.