Aprendizagem Colaborativa

Aprendizagem Colaborativa

Colégio Santa Maria

02 Novembro 2017 | 07h30

Autoria: Edith Sonagere e Luciana Casilli

A maior riqueza em uma sala de aula é a diversidade, em especial a de habilidades. E por que não aproveitá-la em prol da evolução de todos? Pensando nisso, iniciamos o trabalho com a aprendizagem colaborativa no 3º ano do Fundamental I do Santa Maria.

Mas todos podem colaborar? Como? Nesse sentido, o trabalho com as reflexões constantes a respeito das aprendizagens, o conhecimento das próprias capacidades, bem como o reconhecimento das habilidades que precisam ser desenvolvidas, é fundamental!

Oferecer oportunidades em que os alunos possam contribuir com os colegas promove o protagonismo, coloca-os no centro do seu processo.


O raciocínio lógico é estimulado por meio das socializações do pensamento matemático. Contar para um colega como aprendeu ou adquiriu determinada habilidade torna a sala de aula um ambiente desafiador!

O professor torna-se um mediador, promove os retornos e autoavaliações, colaborando para que seus alunos se tornem cada vez mais conscientes das suas capacidades e necessidades. Retornos positivos, por parte das crianças, são frequentes:

“Minha monitora foi bem exigente, mas eu aprendi a divisão com as dicas que ela me deu”, disse o aluno Gabriel Brito.

“Ajudar um amigo é muito importante, porque com isso ele se sente motivado, quer aprender a estudar mais e assim poderá ajudar alguém também”, acrescentou Anna Julia Rampim Ferreira.

Um desafio para a formação das novas gerações, cada vez mais questionadoras e capazes! Alunos protagonistas, utilizando suas aprendizagens de forma colaborativa!