A pluralidade cultural e a influência italiana

A pluralidade cultural e a influência italiana

Colégio Santa Maria

19 Maio 2017 | 07h30

Autoria: Maria Luisa Parise

 

Fabrini, Santini, Scamparini, Mastrangelo, Sbarra, Lancillotto, Antonucci, Aletto, dentre outros sobrenomes de famílias, expressões como pizza margherita, spaghetti al sugo, lasagna alla bolognesa, ou apreciar um tiramisù ou ainda um sfogliatella típico da cucina napolitana são apenas alguns dos elementos que evidenciam a grande proximidade e afinidade entre brasileiros, italianos e seus descendentes em nosso país, que é marcado por um grande mosaico de culturas, crenças religiosas, costumes e tradições.

Partindo de algumas reflexões, foi sugerido por um grupo de alunos e alunas ao final da 1ª série de 2016 a ideia de oferecer no ano seguinte um curso dentro do Currículo Diversificado do Ensino Médio que pudesse contemplar o estudo da cultura italiana e que também propiciasse o contato com o idioma italiano. Proposta aceita, mãos à obra: nascia assim o projeto do curso de Lingua e Cultura Italiana Primo Livello dedicado aos alunos e alunas da 2ª série de 2017 do Colégio Santa Maria.


O que oferecer, que aspectos contemplar: partimos num primeiro momento de uma fundamentação histórica focando, por exemplo, as razões da emigração italiana, as regiões de destino, os núcleos de colonização, as relações de trabalho, a inserção na vida urbana, o engajamento político e, sobretudo, a luta por uma identidade italiana (italianità) que foi uma batalha que os imigrantes e seus descendentes tiveram que travar em terras brasileiras – o resgate do sentimento de orgulho “de ser italiano” fora da Itália.

No tocante à cultura italiana destacamos a influência que se manifesta nos costumes, na música, na religião, nas artes, no futebol, na moda, na gastronomia e nas festas típicas e, por fim, o estudo do idioma com um panorama da gramática básica italiana, vocabulário, estruturas da língua, aplicadas em situações variadas do cotidiano, inclusive com auxílio de músicas, textos, vídeos.

Compreender a cultura italiana, a partir das experiências vividas pelos imigrantes em nosso país significa assimilar a importância desse povo na formação das matrizes étnicas brasileiras e também das nossas bases culturais.

Como parte do programa, visitamos recentemente o Museu da Imigração do Estado de São Paulo para buscar a origem dessa cultura e da língua italiana que tanto foi incorporada em nosso cotidiano. Tomou-se contato, de forma especial, com as Lettere di Chiamata – Cartas de Chamada encaminhadas para os familiares contando sobre a vida no novo país, um ato de chamamento do imigrante aqui instalado para que outros italianos viessem para o Brasil.

Outra saída prevista do curso está prestes a acontecer. Dessa vez o destino é o tradicional bairro do Bixiga, que luta por sua sobrevivência cultural e para manter a sua história viva, onde mesclam-se influências de italianos, afrodescendentes e brasileiros e que construíram uma nova comunidade urbana em um outro tempo da história, revelando assim o traço plural da cultura brasileira.