A onipresença de um código

Colégio Santa Maria

29 Setembro 2017 | 07h30

Autoria: Mary Carmen Monreal

“Coffee or tea? ” Escuto de uma aeromoça enquanto viajo para Espanha. “Hop on hop off” está escrito no ônibus que leva os turistas pela cidade de Nova York. “Brainstorm e Briefing” ouço de colegas de trabalho durante reunião em São Paulo.

Talvez já não nos damos mais conta de quão frequente é a presença e uso da Língua Inglesa em nossas vidas, e isso independe de localidades, classes sociais, faixas etárias, atividades e interesses. A língua está presente em absolutamente todas as esferas da sociedade, e continua sendo a referência mundial que estabelece a comunicação entre diversos povos das mais diversas nacionalidades e etnias.

O ensino das Línguas Estrangeiras Modernas (LEM) já passou por diversos momentos, e cada vez mais busca-se excelência no uso delas, sem perder de vista sua fluência para assuntos informais e do cotidiano.

A Língua Inglesa nos conecta através da arte, ciências, viagens, negócios, culinária. Temos nela um instrumento de comunicação riquíssimo que faz com que nossos horizontes e relações se expandam criando novas oportunidades de crescimento pessoal e profissional.

O Colégio Santa Maria propõe aos seus alunos um curso voltado para a prática dos exames de Cambridge e todos concluem sua trajetória tendo prestado dois exames com reconhecimento Internacional. Por vezes, é possível conciliar prática oral e escrita de maneira a ressaltar a importância e relevância do uso da língua em nosso dia a dia.

No segundo bimestre, os alunos foram convidados a colocar em prática o que haviam aprendido em termos de vocabulário referente a alimentos, restaurantes, descrição de pratos e ingredientes, bem como fazer pedidos e serem atendidos em restaurantes. Com esse objetivo, os alunos foram chamados a escolher um restaurante da cidade e escrever uma resenha sobre o mesmo recomendando-o ao leitor. Além disso, como prática oral, deviam simular uma cena no restaurante utilizando vocabulário e expressões relacionadas ao tema e produzir um vídeo para compartilhar com o grupo classe.

Os resultados foram sensacionais, mas o que tenho o prazer de compartilhar aqui é a conexão encantadora estabelecida entre adolescentes sensíveis que, tendo pesquisado sobre um restaurante de refugiados sírios, fizeram a filmagem in loco, com pedidos e conversas em inglês. Veja o vídeo acessando este link.

Os alunos se organizaram de maneira autônoma e muito responsável, elaboraram o scrip e roteiro do vídeo, foram ao local pesquisado anteriormente (Talal Culinária Síria– Rua das Margaridas, 59) e filmaram o trabalho que foi apresentado para o grupo e a professora, deixando-nos com água na boca e vontade de conhecer o lugar que abriga família de refugiados sírios cozinhando para moradores de São Paulo.

Lição aprendida: língua inglesa e comida alimentando e unindo povos!

Mais conteúdo sobre:

Colégio Santa MariaLEM