Xadrez para todos!

Xadrez para todos!

A importância e a valorização da prática no Colégio, para pais e alunos

Colégio Rio Branco

01 Dezembro 2015 | 16h39

Um dos jogos mais populares do mundo, praticado por milhões de pessoas, o xadrez contribui para a formação humana ajudando a desenvolver a concentração e a imaginação, estimulando a criatividade para encontrar soluções para problemas e o autocontrole emocional para a tomada de decisões.

No Colégio, o jogo é muito valorizado, por isso conta com o Clube de Xadrez Rio Branco – um ambiente de estudo e treinamento esportivo, que é, ao mesmo tempo, um espaço de convivência e integração social entre os alunos, onde podem compartilhar experiências e desenvolver habilidades diversas. O Clube tem como objetivo ser um centro de excelência em xadrez, formando atletas de alto rendimento com habilidades inerentes ao esporte.

No último mês, os alunos do Colégio Rio Branco e do Centro de Educação para Surdos Rio Branco participaram da 10ª edição da Taça de Xadrez Rio Branco – torneio anual da instituição. De acordo com as regras, os vencedores, de cada categoria, são os alunos que somarem a maior pontuação em duas etapas. “Neta edição, os alunos surdos também foram destaque na premiação, conquistando posições na classificação feminina e masculina, demonstrando que não há barreiras para o intelecto”, contou o professor de xadrez, Rodrigo Dinegri.

Na arbitragem, o evento contou com a presença do diretor da Honda Consulting, Hélcio Honda, do árbitro internacional Holandês, Marius Von Riemsdijk, e do Mestre da Federação Internacional de Xadrez, Luismar Brito, que ministrou partidas simultâneas junto com as famílias.

Podem integrar o Clube de Xadrez Rio Branco, todos os alunos a partir do 1º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Os pais também podem participar em uma turma especial. Dentre as muitas habilidades desenvolvidas com a prática do xadrez, a concentração é uma das principais, além do desenvolvimento do raciocínio abstrato, senso de responsabilidade pela tomada de decisão com limite de tempo. Com o treinamento, a intuição também é melhorada para escolhas assertivas.

Para o professor Rodrigo Dinegri, responsável também pelo Clube de Xadrez Rio Branco, participar de torneios de xadrez também proporciona a oportunidade de ser inserido em uma competição saudável. O aluno pode medir a própria capacidade e buscar melhorar ou superar seus limites. “É um aprendizado importante, porque  mais cedo ou mais tarde haverá a frustração de uma derrota. É quando o aluno terá a oportunidade de desenvolver a sua resiliência e se tornar uma pessoa mais forte”, acrescentou.