Internacionalização: aluno atua como chairperson em simulação na ONU, em NY

Internacionalização: aluno atua como chairperson em simulação na ONU, em NY

O evento também contou com a participação de ex-alunos da instituição

Colégio Rio Branco

16 Dezembro 2015 | 12h14

Post_internac_1

O aluno do 2º ano do Ensino Médio da Unidade Granja Vianna do Colégio Rio Branco, Luis Guilherme Matias, e o ex-aluno e hoje estudante de Relações Internacionais na ESPM, Luis Gustavo Matias, ocuparam a posição de Chairperson no WFUNA International Model United Nations – WIMUN, organizado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em novembro, em Nova York.

As ex-alunas, Larissa Neri, estudante de Relações Internacionais nas Faculdades Integradas Rio Branco, e Isabela Waksman, que estuda na Concordia University, em Montreal, também participaram do evento.

A ação, considerada a mais importante simulação diplomática de organismos internacionais, reuniu cerca de 800 estudantes de Ensino Médio e universitários de todo o mundo, em workshops, treinamentos e atividades.

Post_intern_2

Luis Guilherme Matias se candidatou para assumir a posição de Chairperson, que tem o papel de moderar e organizar os comitês da assembleia geral, e foi eleito pelos participantes da simulação. O aluno fez sua campanha, por meio do site e das mídias sociais, apresentou seu perfil e sua experiência: já atuou em 12 simulações, em diversas posições, entre elas o CRBMUN – Colégio Rio Branco Model United Nations, o MINIONU, da PUC-Minas Gerais, e, também, no SPMUN, como chefe da delegação do Rio Branco.

“Esse ano fui secretário-geral do CRBMUN, coordenei uma equipe com mais de 30 pessoas, ajudando na organização do encontro para mais de 200 alunos. No Rio Branco tive minha primeira experiência de organização e de simulação”, contou Luis Guilherme.

No final do evento, os irmãos Luis Guilherme e Luis Gustavo discursaram na Assembleia Geral da ONU, que reuniu mais de mil pessoas, entre representantes da organização. Os estudantes riobranquinos contaram suas experiências como Chairperson no WFUNA International Model United Nations e dissertaram sobre a importância das simulações e organismos internacionais, para a cooperação entre os países. Os alunos foram convidados a fazer parte da organização do WIMUN 2016, pela atuação de excelência durante o encontro.

Texto: Raquel Vilas Boas.