Empreendedorismo e Neuro Fit: projetos inovadores marcam o segundo semestre

Os dois novos programas contam com importantes inspirações e parcerias internacionais

Colégio Rio Branco

18 Agosto 2015 | 11h51

Foto_1476

O segundo semestre letivo começou a todo vapor no Colégio, com projetos promissores para o aprimoramento da aprendizagem  e potencialização de resultados. Um deles, com foco nos currículos internacionais e nas principais competências exigidas na atualidade, é o Módulo Eletivo de Empreendedorismo, cujo objetivo é desenvolver  habilidades fundamentais nos alunos, para uma visão empreendedora de seus projetos de vida.

Para se tornar um empreendedor de sucesso é preciso trabalhar atributos  emocionais como autocontrole, autocrítica, disciplina, organização e, acima de tudo, liderança. Em encontros semanais,  orientados por profissionais, os alunos poderão gerenciar projetos que exigem o desenvolvimento dessas competências, além dos elementos de gestão do seu próprio negócio.

Para essa eletiva, o Colégio Rio Branco firmou importante parceria com a plataforma Dreamshaper, ligada à ONG portuguesa Acredita Portugal, que anualmente realiza uma olimpíada de empreendedorismo, atingindo mais de 50 mil estudantes europeus. No Brasil, tem o apoio da Fundação Lemann e de professores da Universidade de Harvard e Stanford.

Como funcionam os Módulos Eletivos do Colégio Rio Branco: São atividades optativas direcionadas aos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, certificadas e gratuitas, que contemplam o desenvolvimento de projetos em  áreas, como: Tecnologia, Enem, Iniciação Científica, Responsabilidade Socioambiental e Monitoria. Os módulos também incluem conteúdos preparatórios para o ingresso em universidades internacionais.

Outra importante novidade é o Programa de Otimização Cognitiva – Neuro Fit Rio Branco, que aplica a Neurociência ao aprendizado, por meio de exercícios que visam estimular a percepção, a atenção, a memória e o raciocínio lógico.

À luz do conhecimento das correlações cérebro-função-aprendizado, o projeto tem como objetivo geral, a otimização das habilidades cognitivas dos alunos, com vistas a ampliar a expressão de potencialidades e melhora do desempenho acadêmico. Pesquisas recentes revelam, por exemplo, a importância da memória operacional (MO), ou seja, da capacidade de reter e manipular informações por breves períodos de tempo para estudantes e vestibulandos.

O Neuro Fit Rio Branco é pioneiro e está em fase inicial. Para que aconteça, foram selecionadas algumas séries escolares para a sua implantação, do 6º  ao 9º ano do Ensino Fundamental, assim como, para alunos do 1º ao 3º ano do Ensino Médio. Os estudantes podem se beneficiar com o treino cognitivo que inclui atividades disponíveis na plataforma QMágico – já utilizada pelo Colégio.

Os treinos e o projeto são de extrema importância para os alunos que almejam melhorar sua performance nos estudos, para os que se encontram em fase preparatória para testes de resultados e vestibulares, e, também, àqueles que apresentam dificuldades de aprendizagem.

Neurofit