Estudantes brasileiros conseguem vagas em universidades estrangeiras graças à internacionalização do currículo acadêmico

Estudantes brasileiros conseguem vagas em universidades estrangeiras graças à internacionalização do currículo acadêmico

Liceu Jardim

10 Novembro 2017 | 11h26

Para realizar o sonho da aprovação em universidades do exterior, cada vez mais comum nos dias de hoje, estudantes brasileiros têm buscado mais do que uma formação bilíngue. Com uma base acadêmica mais forte, o sucesso resulta, também, na aprovação nos vestibulares das melhores universidades públicas brasileiras.


No Liceu Jardim, muitos alunos conseguiram a tão sonhada aprovação nas universidades estrangeiras e 70% dos estudantes também foram aprovados em universidades estaduais e federais do Brasil. Todos eles fizeram parte do novo modelo pedagógico do Liceu Jardim, que garante uma sólida base dos conteúdos nacionais e a preparação para os exames internacionais.

Esse novo modelo visa a internacionalização do currículo do colégio, que iniciou em 2012 com a implantação do curso bilíngue desenvolvido em parceria com a Pearson Education, assegurando a proficiência na língua inglesa sem prejudicar a base curricular brasileira, a partir do 5º ano do Ensino Fundamental. “O maior problema das escolas bilíngues no Brasil é que elas resolvem a questão do inglês, mas não preparam o aluno adequadamente para os vestibulares mais concorridos do país. Nosso modelo atende com sucesso as duas vertentes”, explica Daniel Contro, Diretor Geral do Liceu Jardim.

Formação de alto nível contribui, ainda, para que alunos conquistem aprovação nas melhores universidades públicas brasileiras.

A partir de 2013, o colégio passou a oferecer, também, o High School para os alunos do Ensino Médio, para obtenção do Dual Certification – reconhecido pelas autoridades americanas da Educação. Assim, os estudantes podem obter o diploma duplo (brasileiro e americano) cursando, na própria escola, apenas quatro módulos complementares do currículo dos Estados Unidos: Economia, Política Americana e História Americana I e II. O Dual Certification também ajuda no processo de admissão às universidades internacionais.

Outra iniciativa importante foi a criação da Diretora Internacional, que assessora os alunos nos processos de application (documentos, formulários, testes e redações exigidos no processo de admissão em uma universidade no exterior), bem como a Central de Vestibulares, que atende os jovens que decidem estudar nas melhores universidades do Brasil.

Inglês fluente, sem prejudicar o currículo brasileiro.

Atualmente, no Liceu Jardim, algumas disciplinas já são ministradas totalmente em inglês, como a Matemática para os alunos do 1º ao 5º ano. A partir de 2018, as metas seguem firmes para rumo à internacionalização do colégio, ampliando o leque de disciplinas ministradas em língua inglesa (Artes, Música e Educação Física para o Infantil II; Ciências, Educação Física, Artes, Música e Matemática para as turmas de 1° ao 5º ano; Educação Física e Artes para as turmas do 6° ao 9° ano). Assim, o idioma vai sendo assimilado juntamente com os conteúdos exigidos nos grandes vestibulares nacionais.

Saiba mais sobre as iniciativas do Liceu:

Intercâmbio com escolas finlandesas – os alunos recebem os estudantes da Finlândia em suas casas e são recebidos por eles em seu país. Assistem às aulas, fazem apresentações e seminários, conhecem as famílias numa imersão à cultura da Finlândia, que tem um dos melhores modelos educacionais do mundo.

Intercâmbio com a Polônia – a ser realizado com a escola Ruy Barbosa, conceituada instituição polonesa, esse intercâmbio permite uma rica troca de experiências entre os jovens dos dois países.

Intercâmbio em Harvard e MIT – realizado nas próprias dependências das duas instituições, os alunos desenvolvem e apresentam estudos sobre temas globais, exercitando o empreendedorismo, a comunicação e a liderança. Assistem às aulas nas salas da Faculdade de Direito de Harvard e conhecem os laboratórios do MIT.

Intercâmbio Vale do Silício – incomparável experiência internacional é conhecer essa região mágica do planeta, onde se reúnem empresas, talentos e ideias que revolucionam vidas e ditam os rumos do futuro.

Feiras de Universidades Internacionais – planejada para a apresentação das instituições internacionais e compreensão dos seus processos de admissão.

SAT – orientação e preparação para esses exames dos EUA – similares ao ENEM, cujas notas são fundamentais aos processos de admissão nas universidades americanas.

Polo certificador de Cambridge – o Liceu Jardim é um dos locais de aplicação, no Brasil, dos exames de certificação do Reino Unido (Young Learners, KET, PET, FCE, CAE e CPE). CPE).