Como conceituar uma trajetória educacional de sucesso?

Como conceituar uma trajetória educacional de sucesso?

Liceu Jardim

09 Maio 2017 | 12h18


Por Rosilene C. Reis

A educação de qualidade é um dos direitos fundamentais do ser humano. Ela contribui para o crescimento econômico do país e para a promoção da igualdade social, além de proporcionar ao indivíduo avanços pessoais, sociais e econômicos, garantindo-lhe o conhecimento dos seus direitos e deveres.
Considerando a Educação como o fator diferencial, quais caminhos o aluno deve trilhar para obter a melhor formação e alcançar resultados de sucesso?

Nos últimos anos, tenho acompanhado a trajetória de estudantes do Ensino Fundamental ao Ensino Médio com meu trabalho de orientadora educacional. Nesse período, observei que o educando, desde as séries iniciais, já trilha por uma linha definida pela escola, que almeja formar cidadãos plenos, com iniciativa, flexibilidade e disposição, para que não só adquiram o conhecimento, mas saibam lidar com ele. Durante esse processo, permeado por disciplina e amor exigente, o estudante aprende a ter responsabilidade, compromisso com os estudos, cumprir regras e combinados, e adquire valores e princípios que levarão para toda a vida.

Acredito que um fator essencial para o sucesso acadêmico é o interesse em aprender. O estudante precisa acreditar no seu potencial, ter disciplina, planejamento, responsabilidade, compromisso e dedicação com os estudos. Quem almeja o sucesso, traça seus objetivos e não perde o foco. Presta atenção nas aulas, nas explicações dos professores e dos colegas, faz anotações, estuda e pesquisa, inclusive o que não está nos livros e o que não foi ensinado em sala. Vai além dos livros sugeridos pelos professores.

Para que o aluno tenha interesse em aprender, a escola deve ter um bom projeto pedagógico e seus professores uma postura clara, firme e coerente. Como gestores do espaço escolar, são responsáveis pela disciplina e domínio da turma. Devem criar ambientes de altas expectativas, dispondo de conteúdo eficaz, técnica e didática. É evidente que aulas preparadas com boas estratégias, aliadas à mantença da disciplina, comprovam a força e a competência do professor no processo de ensino e aprendizagem.

Uma vez que o professor determina sua posição em sala, o aluno também entende o seu papel e sabe que o espaço é de planejamento, trabalho, estudo e comprometimento. O não entendimento por parte do aluno gera consequências na aprendizagem, impedindo que ele alcance os níveis desejados para o sucesso educacional.
Com o planejamento correto dos estudos e sua constante execução, o aluno não teme as avaliações de alto nível. Ele passa a entender que a avaliação não é mera obtenção de nota ou conceito para ser aprovado e sim uma ferramenta que o prepara melhor para a vida e para a continuidade dos estudos, seja no Ensino Médio ou no Ensino Superior. Assim, continuará se destacando entre aqueles que reconheceram a importância do seu papel de estudante e exercendo suas habilidades e competências para novos rumos no futuro.

* Rosilene Lima Campos Reis é orientadora Educacional do Ensino Fundamental l no Liceu Jardim. Cursou pós-graduação em Educação Matemática, graduação em Pedagogia e Serviço Social. Atuou como professora da rede pública e particular de ensino. Trabalhou como professora e coordenadora de área (Matemática) durante 12 anos no colégio Termomecânica, professora alfabetizadora no Colégio Stocco durante 6 anos e professora da rede pública por cinco anos.