Leitura Simultânea na Educação Básica
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Leitura Simultânea na Educação Básica

Colégio Anália Franco

22 Agosto 2017 | 12h38

Leitura Simultânea na Educação Básica – Uma das funções fundamentais da escola é a formação de leitores competentes que compreendam e interpretem tudo aquilo que leem e que consigam ler inclusive o que não está escrito, mas está implícito em um texto.

O ato de ler proporciona a inserção do ser humano na sociedade, fornece ao leitor acesso a informações, amplia o vocabulário, proporciona o desenvolvimento da criticidade, a busca pelo conhecimento e permite inclusive elaborar emoções e pensar sobre a vida.

Inúmeros são os benefícios e possibilidades quando proporcionamos um ambiente leitor para nossos alunos. Entretanto, estamos cientes que o gosto e o hábito da leitura devem ser trabalhados desde as séries iniciais, muito antes do processo de alfabetização.

Diante do desafio de incentivar a leitura desde a mais tenra idade, no Colégio Jardim Anália Franco, bimestralmente organizamos uma atividade que movimenta bastante os segmentos de Educação Infantil e Fundamental I

Leitura simultânea na Educação Básica

: a LEITURA SIMULTÂNEA.

Nesta atividade além dos benefícios acima identificados, possibilitamos que o aluno escolha a leitura que deseja participar, incentivamos a autonomia, a liberdade de escolha e a capacidade de análise.

O processo de Leitura Simultânea tem início muito antes, quando as professoras iniciam o processo de escolha dos títulos, adequados para a faixa etária, com temas interessantes e de qualidade literária indiscutível.

Enquanto isso, ocorre a divulgação dos títulos num painel e cabe ao aluno escolher o tema ou título que mais lhe agrada e realizar a inscrição para acompanhar a história que mais lhe chamou a atenção. Neste momento, os alunos exercitam sua autonomia, pois terão de fazer uma escolha e se corresponsabilizar pela execução desta tarefa.

Em seguida as professoras preparam o momento de “Contação de Histórias”, utilizando recursos como fantasias, cenários, fantoches, etc para que o momento da leitura simultânea encante os alunos e provoque cada vez mais o interesse por ler e conhecer as diversas histórias.

No dia agendado para as sessões de contação de história, ocorre uma grande euforia. Simultaneamente todas as professoras desenvolvem as atividades propostas em diferentes ambientes da escola. Cada aluno se desloca para acompanhar a leitura do livro que escolheu integrando-se aos alunos de outras turmas. Neste momento também incentivamos o respeito à diversidade, a integração dos segmentos e das diferentes faixas etárias.

Finalizando, o grupo de alunos que acompanhou a leitura do livro desenvolve atividades que são orientadas pela professora que contou a história.

Por entender que a Escola é fundamental no desenvolvimento de comportamentos leitores e que a leitura por fruição precisa ser estimulada, o Colégio Jardim Anália Franco tem esta atividade regularmente em sua proposta de trabalho.