Portas abertas às famílias

Portas abertas às famílias

Do Colégio

09 Setembro 2015 | 10h35

O Colégio Horizontes Uirapuru está reabrindo suas portas, a partir de 10 de setembro, para uma nova temporada de encontros, com ciclo de palestras gratuitas destinadas a pais, educadores e especialistas em diversas áreas. Os temas abordados darão ênfase a questões atuais pertinentes ao campo do desenvolvimento biopsicossocial da criança, do adolescente e do futuro adulto. Mas, afinal, esses encontros ajudam e contribuem para harmonizar o processo de educação nas diferentes faixas etárias? Para a direção da escola não há dúvida que sim, pois é importante que os pais se sintam amparados em suas decisões sobre determinados temas.

“Só da harmoniosa ‘cumplicidade’ entre o lar e a escola é que se efetiva o surgimento de uma geração de líderes humanistas, capazes de mudar o rumo deste planeta”, afirma a educadora Neda Lian Branco Martins, que fundou o colégio. Trata-se de uma tradição e prerrogativa da escola manter esse canal aberto entre o lar, a escola e os especialistas, para fortalecer o diálogo sobre assuntos relevantes, como a relação entre adultos, crianças e adolescentes, sexo, amor e mundo digital.

“A escola deve sim, auxiliar os pais no relacionamento com os filhos, propondo uma conversa com especialistas, mas que sejam abertas às opiniões dos participantes, não com o sentido único, do palestrante para a plateia’, afirma Gabriela Lian Branco Martins, diretora do Horizontes Uirapuru.

Para que haja foco e, assim, melhor proveito nas discussões, o colégio separou em duas turmas a conversa com a psicóloga Priscila Lima, em 10 e 17 de setembro. O primeiro encontro será voltado a pais de estudantes da Educação Infantil ao 4º ano do Ensino Fundamental. A especialista irá discutir assuntos como a qualidade nas relações entre adultos e crianças, o papel da figura materna e paterna e como lidar com a culpa resultante da falta de tempo da vida moderna.

Psicóloga Priscila Lima

Psicóloga Priscila Lima

Já no segundo, para a faixa etária dos alunos do 5º ano do Ensino Fundamental I à 3ª série do Ensino Médio, a psicóloga falará sobre os deveres e direitos dos pais e filhos, como construir uma relação de confiança e diálogo, valores no mundo moderno, qualidade nas relações, como lidar com filhos que demonstram dificuldades emocionais, drogas e sexualidade.

“A escolha dos temas é fundamental para gerar o interesse dos pais, assim como dos profissionais que irão falar com eles. Priscila Lima é graduada em Psicologia pela Faculdade Newton de Paiva de Belo Horizonte, tem formação em Terapia Comportamental Cognitiva pelo Centro de Estudos em Terapia Cognitivo Comportamental (CETCC) e é especialista em Psicopatologia e Dependência Química. Os pais podem tirar proveito de sua experiência”, relata a diretora Gabriela.

Ruy Cezar

Ruy Cezar do Espírito Santo

Ainda haverá programação em outubro e novembro. O jornalista Marcos Brogna estará no colégio em 21 de outubro, das 20h às 21h30, para falar sobre a interação de crianças e adolescentes com o mundo digital. Por fim, em 4 de novembro, no mesmo horário, o educador e filósofo Ruy Cezar do Espírito Santo debaterá “valores” que precisam ser repassados aos filhos.

Marcos Brogna

Marcos Brogna

Em todos os eventos, a comunidade local de Pinheiros, zona oeste de São Paulo, está convidada. “A escola tem de ser um apoio central ao bairro. As famílias, cada vez mais, têm de se sentir acolhidas. Por isso resolvemos abrir as portas não só para os pais de alunos, mas para quem tiver dúvidas ou quiser colaborar com a discussão”, finaliza Gabriela.