Lancheira gostosa e saudável todos os dias

Lancheira gostosa e saudável todos os dias

Do Colégio

03 Fevereiro 2016 | 17h41

Doenças relacionadas aos maus hábitos alimentares constituem uma das grandes preocupações da Organização Mundial da Saúde. Uma apreensão que não se restringe aos adultos. Segundo a própria OMS, a obesidade infantil é um dos problemas de saúde pública mais sérios do século XXI. Aqui mesmo, no Brasil, a situação é grave. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, uma em cada três crianças brasileiras está pesando mais do que deveria.

A abordagem dessa questão é complexa, e o tratamento da obesidade infantil exige um trabalho multidisciplinar. Portanto é melhor prevenir. De olho no bem-estar das crianças, o Horizontes Uirapuru desenvolve ações contínuas de educação alimentar. Afinal, consumir alimentos saudáveis, naturais e em boa variedade garante a disposição, o bom funcionamento do organismo e o sono tranquilo às crianças.

No Horizontes, a busca pela alimentação adequada e mais natural acompanha a rotina diária da escola. A começar do lanche. De 2ª a 5ª feira, o conteúdo da lancheira deve estar livre de “besteiras” como balas, bolachas recheadas, etc. Nas 6ª feiras o lanche é livre – e ainda assim é sugerido que o lanche, ao gosto da criança, seja leve – como bisnaguinha com requeijão, frutas e, se for incluir um brigadeiro, de preferência que seja o brigadeiro preparado com massa de banana, muito mais leve que o tradicional.

As turmas do Infantil I e II participam da “Roda da Fruta”. Cada dia uma criança leva uma fruta de casa para compartilhar com os amiguinhos. A novidade também serve como forma de todos experimentarem frutas que não tenham o costume de saborear.

Fruta é sempre uma boa pedida. Foto: Divulgação

Fruta é sempre uma boa pedida. Foto: Divulgação

No almoço, o cardápio elaborado pela nutricionista Rebecca Isaac inclui arroz, feijão, saladas variadas, legumes, carne, peixe, frango ou, raramente, porco. O suco é natural e a sobremesa uma fruta ou gelatina. A cada 15 dias são servidos feijão preto e lentilha. E no Infantil I e II, especialmente, há um estímulo para que todos provem de tudo.

A cantina do colégio está no mesmo ritmo, dispensando a venda de balas e outras guloseimas. Quanto aos salgados, nada de fritura, todas as delícias são assadas.

Para completar, uma vez por mês os alunos do Infantil ao 9° ano têm aula com a nutricionista, ocasião em que aprendem os nomes dos alimentos, quais vitaminas e demais nutrientes cada um possui, etc. Os jovens também são incentivados a criar novidades na cozinha. Em 2015, uma das receitas desenvolvidas foi do sorvete de melancia com pepino.