As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Saiba como ensinar o seu filho a esperar

Thais Gonzales

27 Dezembro 2017 | 14h01

Crianças pequenas têm noção de tempo diferente dos adultos. Falar na segunda-feira sobre uma festa que acontecerá no sábado pode gerar uma grande expectativa e muitas perguntas todos os dias: “é hoje?”, os pequenos questionam.

A impaciência é comum até os seis anos. Esperar a festa ou aguardar a vez em um brinquedo no shopping, para ela, podem parecer uma torturante eternidade. Por que esperar tanto? É o que elas pensam.

“Esperar não é fácil e gera ansiedade! Mas é necessário um treino e não existe fórmula mágica. A paciência deve ser desenvolvida aos poucos”, explica a coordenadora Cristiane Fernandes, do Colégio Alicerce.

Segundo ela, os pais podem aproveitar situações cotidianas para mostrar que esperar faz parte de muitos momentos. “Leve ao supermercado e mostre que tem que esperar na fila para ser atendido, vá ao cinema e fale sobre a espera para comprar o ingresso. Até o trânsito nos ensina isso, pois precisamos aguarda o farol ou os carros passarem”, ressalta.

Falar sobre o dia anterior, perguntar sobre o que o filho fez na escolha no dia, questionar o que mais gostou no fim de semana também ajudam nesse processo de trabalhar a noção de tempo com as crianças. “Na escola, temos a horta. Quer atividade melhor do que semear, cuidar e esperar crescer para colher? Isso pode ser feito em casa”.

Saber esperar e observar o tempo são aprendizados. Com essas ações, paciência e calma, a ansiedade vai diminuindo.