As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira 4 dicas para lidar com mentiras na infância

Thais Gonzales

11 Abril 2018 | 13h40

A mentira aparece no universo infantil, mas a criança não tem a intenção de enganar seus pais ou professores. Até os cinco anos, a verdade pode se misturar com a fantasia. Saiba como lidar e ajudar o seu filho a aprender o valor da verdade.

Por que as crianças mentem? Segundo a coordenadora Cristiane Fernandes, do Colégio Alicerce, porque querem evitar punições, chamar a atenção dos pais ou amigos, tornar suas histórias interessantes ou evitar chatear pessoas importantes, por exemplo.

São comuns frases como “não fui eu quem quebrou o brinquedo”, “não tenho lição de casa” ou “ele está chorando, mas eu não bati nele”. Já ouviu alguma dessas?

A coordenadora explica que o diálogo é a melhor opção para lidar com as mentiras na infância. Desde cedo, as famílias podem explicar que uma determinada atitude não é correta.

“Você pergunta se a criança tomou o suco, ela diz que não. Prontamente, mostre a embalagem para que ela saiba que não está dizendo a verdade, por exemplo”, diz a coordenadora. “Deixe sempre claro que a verdade é sempre mais importante”, acrescenta.

Além de conversar, nada melhor do que ser exemplo. “Nas ações do dia a dia, é essencial haver coerência em casa e na escola. Precisamos estimular as crianças a analisar, refletir, ouvir e falar a verdade”, ressalta.

#Ficadica

1- analise o contexto e veja se é mentira ou imaginação (fantasia);

2- converse sobre a importância de se dizer a verdade e as consequências que uma mentira pode causar;

3– dê atenção para o que a criança quer contar;

4- a criança aprende com exemplos, então, cuidado! Por exemplo, se o telefone tocar e não quiser atender, não peça para a criança mentir que você não está em casa.