As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Celular e outros recursos tecnológicos a favor do aprendizado

Thais Gonzales

10 Agosto 2017 | 14h36

Para falar com uma geração familiarizada com recursos tecnológicos desde cedo, a escola precisa se adaptar e modernizar sua forma de atuação. Essa é a visão do Colégio Alicerce. Todos os recursos são considerados, inclusivo o celular, mas sempre com um objetivo: ajudar o aluno a aprender.

Segundo a diretora Valéria Veiga, até pouco tempo, o uso de aparelhos não era permitido em sala de aula, mas isso mudou. “Há alguns anos, tiramos a proibição. Entendemos que a tecnologia pode ser uma grande aliada não só no aprendizado dos alunos, como também auxilia em outros processos dentro da escola, como na comunicação entre todos”, conta.

Isso não significa ficar online o tempo todo e sem nenhuma relação com o que o professor está ensinando. Existem combinados com os estudantes e o uso do celular especificamente é supervisionado e direcionado para consultas e pesquisas.

Outra estratégia adotada pela escola é utilizar aplicativos e plataformas focados em educação. Um deles é o Plurall, ferramenta que pode ser acessada 24 horas por dia via computador, tablet e até smartphone.


O aluno pode consultar o banco de questões já respondidas sobre todas as disciplinas, testes e provas elaboradas pelos seus professores, Enem e vestibulares, entre outros.

“As ferramentas tecnológicas possibilitam autonomia na busca pelo conhecimento e temos que reconhecer o seu valor, embora não substitua outras formas de aprendizados”, ressalta.